21 de set de 2017

CORINTHIANS 21/09/2017



Com jogo às 11h, Corinthians concentrará próximo ao longínquo local do jogo
Por GloboEsporte.com
21/09/2017 17h25
Os jogadores do Corinthians ganharão uma hora a mais de sono de sábado para domingo, na madrugada que antecede o majestoso, às 11h, na longínqua vila sônia, extremo sul da capital, divisa com osasco, pelo Brasileirão. Por conta do horário atípico da partida, a comissão técnica levará a equipe ainda na noite de sábado para se hospedar lá
A estratégia e não perder tempo com o deslocamento do CT para o longínquo local do jogo que seria de cerca de 60 minutos. É a primeira vez que isso ocorre desde 2012, quando os quartos do hotel do CT passaram a ser utilizados.



Devido ao estádio rival ser quase em outra cidade, o Corinthians não usará as dependências do CT de sábado para domingo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians )

Com isso, os jogadores não terão que acordar tão antes das 7h30, horário programado para a primeira refeição do dia antes do clássico.

Ainda não está descartado, porém, a possibilidade de antecipar a concentração para sexta à noite. Neste caso, os atletas dormiriam no CT, fariam o treino na manhã de sábado, almoçariam por lá e, no fim da tarde, seguiriam para o hotel. Com 53 pontos, o Timão é o líder isoladíssimo do Brasileirão, com 10 pontos a frente do segundo.



Fagner vê Corinthians seguindo "forte e consistente" e pede frieza no Majestoso

Por Marcelo Braga


21/09/2017 16h04

O corinthiano lateral-direito Fagner concedeu entrevista na volta do Corinthians ao Brasil, nesta quinta-feira, e está otimista para o majestoso, domingo, às 11h, fora de casa

– A gente sabe que vai ser um jogo disputado, brigado, precisando da vitória e nós, também. Vamos buscar fazer um grande jogo, ser uma equipe consistente. Isso será o mais importante: ser forte defensivamente, e quando estiver com a bola, ter frieza para jogar e criar situações de perigo – declarou, em coletiva no aeroporto de Guarulhos. 

  

Fagner ao lado de Fábio Carille no desembarque do Corinthians (Foto: Marcelo Braga)  

O ala destacou a força defensiva e a entrega do Timão na partida da última quarta, no estádio El Cilindro. Embora tenha voltado a criticar o árbitro Leodan González, Fagner admitiu que a equipe "caiu na pilha" e afirmou que isso precisa servir de aprendizado para 2018, quando o clube deve voltar a disputar a Copa Libertadores. 

Questionado se o Corinthians pode voltar a repetir o futebol da primeira metade do Campeonato Brasileiro, o lateral-direito demonstrou confiança.  

– A gente está tirando como parâmetro o primeiro turno, que foi meio anormal. O normal da competição seria o Corinthians perder um jogo na 10ª rodada, na 15ª, 20ª... Quando você tem uma sequência em que é derrotado em dois jogos em casa e depois sai e perde, falam que o Corinthians está em crise e não é o mesmo. Pelo contrário! A equipe continua forte e consistente. Sabemos que a equipe pode conseguir uma sequência de vitórias – comentou.  
 O elenco alvinegro volta a treinar na manhã desta sexta-feira e encerra a preparação para Majestoso no sábado. A expectativa é de que o técnico Fábio Carille possa voltar a escalar o time considerado ideal. 



 

Corinthians retorna ao Brasil, sem drama, focado No Brasileirão

Os jogadores do Corinthians desembarcaram em Guarulhos no início da tarde desta quinta-feira Questionado instantes antes sobre a expulsão do colega, que chegou a pedir desculpas ao grupo no vestiário após o jogo, Fagner saiu em sua defesa. 

– Não é algo que a gente tenha que ficar martelando ou conversando. Foi uma fatalidade, vida que segue. A gente sabe como é o Rodriguinho, não é um jogador que costuma fazer isso – declarou.


 






Fagner minimiza cansaço e pede frieza ao Corinthians no Majestoso


Fabio Carille no desembarque do Timão(Foto: Guilherme Amaro)

Jô e Marquinhos Gabriel no desembarque(Foto: Guilherme Amaro)

Fagner durante desembarque do Corinthians(Foto: Guilherme Amaro)


Fagner durante desembarque do Corinthians(Foto: Guilherme Amaro)


Fagner durante desembarque do Corinthians(Foto: Guilherme Amaro)

Guilherme Amaro - 21/09/2017 - 17:02
O Timão retornou da Argentina nesta quinta-feira, já focado no majestoso de domingo fora de casa 11h, para manter ou aumentar a vantagem de dez pontos na liderança isoladíssima do Brasileirão.

O lateral-direito Fagner minimizou o cansaço alvinegro para o Majestoso.

- Clássico sabemos que tudo pode acontecer, por mais que um time teve a semana inteira para trabalhar e o outro não. No clássico você acaba tirando forças para fazer seu melhor. É importante se cuidar para todo mundo estar na melhor condição no domingo - afirmou Fagner, durante o desembarque do Corinthians no Aeroporto Internacional de Guarulhos.

Fagner também pediu frieza ao Timão. O lateral lembrou da situação do rival, que está na zona de rebaixamento, e deu a receita para o Corinthians conseguir um resultado positivo.
- A gente sabe que vai ser um jogo disputado, brigado, com a,bos precisando da vitória. Vamos buscar fazer um grande jogo, ser uma equipe consistente. Isso será o mais importante: ser forte defensivamente, e quando estiver com a bola, ter frieza para jogar e criar situações de perigo - analisou Fagner.

O técnico Fábio Carille deve contar com o time considerado ideal no Majestoso: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô.

O Corinthians é o líder do Brasileirão, com 53 pontos, dez a mais que o segundo 








 Corinthians dosa carga de treinos para ter força máxima na manhã de domingo para manter diferença na liderança isoladíssima
Titulares de jogo contra o Racing só trabalham com bola no sábado; Guilherme Arana, Maycon e Rodriguinho voltam domingo e Timão cai completo
Por Diego Ribeiro, Buenos Aires


21/09/2017 12h35

O Corinthians trabalhará sexta e sábadi pela recuperação física de seus principais jogadores. Hoje o elenco volta da Argentina, onde o Corinthians despediu-se com empate e de forma invicta da Copa Sul Americana
Os titulares do empate sem gols contra os argentinos só devem treinar com bola no sábado. Liberados nesta quinta de qualquer atividade após o desembarque, eles fazem trabalho regenerativo na sexta-feira para acelerar a recuperação.

O jogo pela manhã diminui o tempo de preparação, mas não muda radicalmente a programação do clube. A única alteração foi no horário do treino de sexta: da tarde para a manhã, já no clima do Majestoso de domingo.

– Não temos muito tempo para lamentar, é focar na recuperação para todo mundo chegar. Temos de manter a batida no Campeonato Brasileiro – afirmou o meia Jadson, após a partida na Argentina.
Três titulares vão voltar à formação principal: Guilherme Arana, recuperado de dores na coxa direita, Maycon, que ficou no banco e não entrou, e Rodriguinho, utilizado contra os argentinos durante dois minutos – ele foi expulso.
Com a confirmação, o Corinthians deve ter em campo seu time considerado ideal: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô. O técnico Fábio Carille só vai mostrar a escalação na atividade de sábado.
 














Corinthians hoje 21/09 | Quinta-feira
11h40 - Saída da Argentina
14h20 - Chegada ao Brasil no voo GOL7681 (GRU)*
*Atendimento a imprensa será no desembarque.





  




CORINTHIANS 3 X 2 5P

Local: Arena Corinthians
Data/hora: 21/9/2014, às 16h00
Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira
Assistentes: Marcelo Carvalho Van gasse e Rogério Zanardo
Público/renda: 35058 total (34.688 pagantes 370np) / R$ R$ 2.405.986,50
Cartões amarelos: Guerrero, Bruno Henrique (COR); Alvaro Pereira, Edson Silva, Ganso, Kaka (S)
Cartões vermelhos: Fabio Santos (COR); Alvaro Pereira (S)

GOLS: Souza, 5'/1ºT (0-1); Fábio Santos, 35'/1ºT (1-1); Edson Silva, 441/1ºT (1-2); Fabio Santos, 20'/2ºT (2-2) e Guerrero, 27'/2ºT (3-2).

CORINTHIANS 12-Cássio, 35-Fagner, 23-Anderson Martins, 4-Gil e 6-Fábio Santos; 5-Ralf, 25-Bruno Henrique, 8-Renato Augusto e 20-Danilo (16-Uendel, 41'/2ºT); 21-Malcom (18-Luciano, 36'/2ºT) e 9-Guerrero (11-Romero, 47'/2ºT). Técnico: Mano Menezes + 22-Danilo Fernandes, 27-Wálter, 2-Ferrugem 34-Pedro Henrique 14-Lodeiro 16-Guilherme Arana 15-Guilherme Andrade

5P: 12-Dênis, 26-Auro, 2-Rafael Toloi (4-Antônio Carlos, 22'/1ºT), 14-Edson Silva e 6-Alvaro Pereira; 15-Denilson (17-Osvaldo, 36'/2ºT), 5-Souza, 10-PHGanso e 8-Kaká; 14-Alan Kardec e 9-Luis Fabiano (7-Michel Bastos, intervalo). Técnico: Muricy Ramalho + 30-Renan 34-Lucão 27-Luis Ricardo25-Hudson 16-Reinaldo 18-Maicon 35-Boschilla 19-Ademilson 






Há três anos, Timão vencia Majestoso disputado na Arena Corinthians

No dia 21 de setembro de 2014, Alvinegro venceu por 3 a 2 pelo Brasileirão;
09h30 21/09/2017 - Agência Corinthians




© Rodrigo Coca/Agência Corinthians


Há três anos, no dia 21 de setembro de 2014, Corinthians fez e venceu o primeiro Majestoso na nova casa do Timão. Em um duelo muito movimentado, o Timão virou e venceu o rival por 3 a 2 pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro.

Sob o comando do técnico Mano Menezes, o Alvinegro foi a campo com Cássio; Fagner, Anderson Martins, Gil e Fábio S.; Ralf, Bruno Henrique, Renato Augusto e Danilo; Malcom e Guerrero.


O gol do rival saiu aos 5 minutos. Aos 33, o Corinthians conseguiu chegar ao empate. Guerrero achou lindo passe para Malcom. Após a finalização defendida pelo goleiro, o zagueiro desviou a dola com a mão, e o juiz marcou pênalti, convertido pelo lateral esquerdo Fabio Santos. Antes de a primeira etapa finalizar, o Alvinegro voltou a ficar atrás no marcador.

Na etapa final, o Timão pressionava em busca do empate, mas sem sucesso. O cenário mudou aos 18 minutos, quando Malcom lançou Guerrero, que só foi parado pela defesa com falta dentro da área. Mais uma vez, Fábio Santos foi para a bola e não desperdiçou a oportunidade.

Em vantagem numérica após a expulsão de Álvaro Pereira na infração do segundo gol corinthiano, a equipe do Parque São Jorge manteve a pressão em busca da vitória, que veio aos 28 minutos. Guerrero tabelou com Danilo, o camisa 20 deu bela assistência para o peruano, que só precisou chapar a bola para colocar o Corinthians à frente no placar.

O Corinthians está invicto nos majestosos realizados  na Arena Corinthians. Em sete clássicos disputados no estádio alvinegro, o Timão venceu cinco e empatou dois.

O aniversário de três anos do primeiro Majestoso na Arena Corinthians é celebrado justamente em uma semana desta  clássico. O Corinthians, lider isoladissimo na luta pelo título vai a casa do rival, que está ameaçado de rebaixamento, neste domingo (24), às 11h, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Você encontra esta e outras informações no aplicativo oficial Almanaque do Timão e no aplicativo oficial do Sport Club Corinthians Paulista, ambos disponíveis em sistemas iOS, na Apple Store, e Android, na Google Play Store. 











No domingo, Corinthians realiza o show ''As Sete Maravilhas do Corinthians''

No Parque São Jorge, o evento acontece às 10h


10h00 21/09/2017 - Agência Corinthians

No começo de setembro, no dia primeiro, o Sport Club Corinthians Paulista chegou aos 107 anos. Para celebrar o mês em que o Timão completou mais um ano de existência, o Parque São Jorge receberá uma série de eventos e atividades, que acontecerá até o fim do mês na Sede Social alvinegra.

Neste domingo (24), às 10h, o Timão realizará show "As Sete Maravilhas do Corinthians". Compareça ao Parque São Jorge e não perca este espetáculo.

SERVIÇO 

Festividade de aniversário de 107 anos do Corinthians

Data: 24 de setembro (domingo), a partir das 10h

Local: Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques (Parque São Jorge)

Endereço: Rua São Jorge, 777 – Tatuapé 


Informações: tel 112095 3050
Entrada Gratuita  

20 de set de 2017

CORINTHIANS 20/09/2017











Após sair invicto de Conmebol Sul-Americana, técnico corinthiano Fábio Carille foca no Campeonato Brasileiro

Treinador do Timão pensa na sequência de 14 jogos que a equipe ainda tem pela competição nacional; o primeiro da série, o Majestoso de domingo
00h00 21/09/2017 - Agência Corinthians




© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Nesta quarta-feira (20), o Corinthians empatou sem gols com o Racing no estádio El Cilindro, na Argentina, e está fora da Conmebol Sul-Americana. Em jogo pegado, Timão teve a posse mas não chegou ao gol e sofreu duas expulsões.

"O que aconteceu aqui foi situação normal, dois empates, aqui um jogo bastante catimbado. Jogo muito pegado, conseguimos rodar bem a bola, mas tinha de ser mais agressivo se quisesse a vitória. Temos de ter a cabeça tranquila e boa para esses momentos", disse o treinador Fábio Carille em entrevista coletiva após o jogo.

O técnico do Alvinegro também ressaltou a importância da sequência de jogos pelo Brasileiro que está por vir. O primeiro confronto da série, é o majestoso, domingo (24), às 11h, fora de casa.

"Se a gente perde, ganha ou empata, não muda nada para o clássico. Isso independe do resultado. A sequência do Brasileiro é o que nos resta, são 14 decisões, começando domingo", finalizou.







Carille diz que Corinthians perdeu a cabeça contra o Racing: "Entramos na pilha"

Técnico lamenta empate sofrido no jogo de ida e afirma que esperava rival atacando mais


Por Diego Ribeiro 


21/09/2017 00h25
O aspecto emocional foi determinante hoje, segundo o técnico Fábio Carille. Com Rodriguinho e Jô expulsos no segundo tempo, a equipe empatou nesta quarta-feira por 0 a 0 com o Racing, da Argentina, no estádio El Cilindro, e sai do torneio, invicto, nas oitavas de final da competição por conta do gol sofrido no duelo de ida,
– Entramos um pouquinho na pilha, sim. Trabalhar no banco ali era ruim para tentar acalmar, eu não conseguia passar as informações. A gente perdeu um pouco a cabeça, sim. É um aprendizado de jogo catimbado para esse grupo. Nem no Chile (contra La U, na primeira fase) foi assim, foi um jogo tranquilo. Temos de ter a cabeça tranquila e boa para esses momentos – declarou o treinador.

Fábio Carille, técnico do Corinthians, em entrevista coletiva na Argentina (Foto: Diego Ribeiro)


O comandante corinthiano admitiu surpresa com a postura do adversário, que mesmo jogando em casa adotou postura defensiva e evitou correr riscos.

Carille destacou a paciência da equipe para trocar passes, mas sentiu falta de mais finalizações e triangulações próximas das área do Racing. Ele também lamentou bastante o empate em 1 a 1 no duelo de ida.


 
Melhores momentos de Racing 0 x 0 Corinthians pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana



– Num confronto de 180 minutos, tivemos a chance de matar em casa, de fazer mais ou até de vir aqui com 1 a 0, em vantagem. Eles não se preocuparam em jogar, o Cássio não fez uma defesa. Sabemos que jogar aqui é sempre pressão. Queríamos encontrar o Rodriguinho mais perto do Jô, ele chega mais na área, a busca era por isso, mas infelizmente não deu tempo – analisou.


Agora o Corinthians só tem a disputa do Campeonato Brasileiro pela frente. Líder da competição com dez pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o Timão volta a campo no domingo, 11h pelo majestoso, fora de casa 








Técnico do Corinthians diz que faltou ousadia


O técnico corinthiano Fábio Carille declarou  que faltou "ousadia" à equipe nesta quarta-feira, no El Cilindro, em Avellaneda. Ele também lembrou da expulsão de Rodriguinho, aos 19 minutos do segundo tempo.

O treinador ainda lamentou o empate por 1 a 1 no duelo de ida, em casa, e disse que faltou "ousadia" à equipe nesta quarta-feira, no El Cilindro, em Avellaneda. Ele também lembrou da expulsão de Rodriguinho, aos 19 minutos do segundo tempo.

- Tivemos oportunidade de matar em casa e não matamos, ou de vir aqui com 1 a 0. Eles não buscaram o gol, o Cássio não trabalhou. Teve a expulsão do Rodriguinho, que encostaria mais ali com Jô, a busca era por isso, mas não deu tempo - analisou Carille, que desconversou ao ser questionado se a expulsão foi justa.

- Não sei, não vi a imagem. Faltou ser mais agressivo, mas enfrentamos um time bem armado, forte e que jogou pelo resultado - disse.
A postura do Racing surpreendeu Carille, que esperava um adversário mais agressivo por jogar em casa. A equipe argentina, porém, controlou a partida e pouco levou perigo ao Corinthians.

- Surpreendeu, sim. Mas me deixou satisfeito que conseguimos rodar. No terço final faltou mais ousadia. No segundo tempo melhoramos um pouquinho, e a entrada do Rodriguinho era para ter uma presença de área maior - afirmou Carille.

O Corinthians agora tem foco total no Brasileirão. O Timão é o líder do campeonato nacional, com 53 pontos, dez a mais que o segundo colocado.

O Corinthians volta da Argentina nesta quinta-feira. O próximo compromisso será no domingo, às 11h, no Majestoso, fora de casao, pela 25ª rodada do Brasileirão.  








Estatísticas de Racing 0x0 Corinthians 



Corinthians foi eliminado da Sul-Americana (Foto: AFP)

NÚMEROS GERAIS DE RACING 0X0 CORINTHIANS:
– Dados Footstats 

Posse de bola do Racing: 45%
Posse de bola do Corinthians: 55%
Finalizações certas do Racing: 4
Finalizações certas do Corinthians: 0
Finalizações erradas do Racing: 5
Finalizações erradas do Corinthians: 4
Cruzamentos certos do Racing: 3
Cruzamentos certos do Corinthians: 1
Cruzamentos errados do Racing: 11
Cruzamentos errados do Corinthians: 14
Passes certos do Racing: 293
Passes certos do Corinthians: 388
Passes errados do Racing: 34
Passes errados do Corinthians: 53
Lançamentos certos do Racing: 17 
Lançamentos certos do Corinthians: 20
Lançamentos errados do Racing: 38
Lançamentos errados do Corinthians: 29
Desarmes certos do Racing: 20
Desarmes certos do Corinthians: 25
Faltas cometidas pelo Racing: 16
Faltas cometidas pelo Corinthians: 25 







Jogadores do Corinthians vão para cima do árbitro, e Balbuena relata raiva em campo
Bastou apitar o fim do 0 a 0 que custou a eliminação do Corinthians na Copa Sul-Americana para Leodan González ser cercado e intensamente xingado pelos comandados de Fábio Carille. Os jogadores do time brasileiro não se conformam com a atuação do árbitro uruguaio, que expulsou Rodriguinho e Jô no empate sem gols que classificou o Racing, na Argentina.

O Timão deixa a competição por ter sofrido gol em casa, no 1 a 1 da ida. Mas se irritaram, principalmente, pelo cartão vermelho direto mostrado a Rodriguinho, que ficou cerca de dois minutos em campo antes de dar uma solada em González - Jô foi expulso levando o segundo amarelo, já no fim da partida dessa quarta-feira.

O goleiro Cássio nem quis dar entrevistas no gramado, alegando que acabaria "falando besteira". Coube a Balbuena, capitão nesta noite e em todas as partidas da equipe na Sul-Americana, definir um sentimento de raiva que ele disse dominar o time por conta do árbitro.

- Foi muito caseiro, como vocês chamam. Muitas faltas ele dava a favor deles, foi muito evidente, todos os lances eram contra nós, não adiantava falar com eles. Foi muito exigente, é difícil jogar assim. O jogo saiu do controle dele. Eu falei que eles estavam batendo muito, e ele não dava cartão. Na nossa falta, ele dava cartão - reclamou o paraguaio.

- O Racing não precisava disso, dessa ajuda do juiz, mas ficamos com raiva nesse sentido. O espetáculo não precisava disso, acho que o Racing poderia classificar tranquilamente sem essa ajuda da arbitragem - prosseguiu o zagueiro, já apontando o Brasileiro, no qual o Corinthians é líder com dez pontos de vantagem, como grande meta no ano.

- Fizemos nosso melhor, mas não deu. Agora é focar no Brasileiro, que ainda tem muita coisa pela frente. Temos que continuar, bola para frente, temos que pensar no Brasileiro - traçou Balbuena.

 










Atuações do Corinthians em 0x0 fora de casa

Por Bruno Cassucc

20/09/2017 23h59

Rodriguinho: Foi expulso um minuto e 55 segundos depois de entrar em campo. Prejudicou muito o Corinthians, que já tinha dificuldades para criar com 11 jogadores. Nota: 0,0.


Jô: Também foi expulso, mas nos acréscimos da partida. Enquanto esteve em campo, lutou, tentou sair da área para buscar o jogo, mas produziu pouco. Não conseguiu segurar a bola, uma de suas principais virtudes. Nota: 4,5.


Cássio: Fez boa defesa em cobrança de falta no primeiro tempo e também agarrou outras bolas perigosas. Com reposição precisa, puxou bom contra-ataque. O melhor do Timão no jogo. Nota: 6,5


Marquinhos Gabriel: Depois de entrar muito bem no jogo contra o Vasco, no último domingo, não aproveitou a chance como titular. Deveria ter participado mais do jogo, sobretudo no segundo tempo. Nota: 5,0


Rodriguinho reclama da expulsão contra o Racing (Foto: Reuters)

Confira as notas dos jogadores do Corinthians:


Cássio [GOL]: 6,5
Fagner [LAD]: 6,0
Balbuena [ZAG]: 6,0
Pablo [ZAG]: 5,5
Marciel [LAE]: 6,0
(Kazim [ATA]): 5,5
Gabriel [VOL]: 5,5
Camacho [VOL]: 5,5
Marquinhos Gabriel [MEI]: 5,0
Jadson [MEI]: 5,0
(Rodriguinho [MEI]): 0,0
Romero [ATA]: 5,0
(Giovanni Augusto [MEI]): 5,5
Jô [ATA]: 4,5





Sem brilho assim como o adversário, mas com dois expulsos, o Corinthians se despediu da Copa Sul-Americana na noite desta quarta-feira. Rodriguinho ficou apenas dois minutos em campo antes de levar cartão vermelho no empate em 0 a 0. Veja as notas:


CORINTHIANS

6,5
Cássio
Fez uma boa defesa após cobrança de falta no primeiro tempo e não comprometeu depois.


6,5
Fagner
Ganhou a maioria das jogadas pelo seu setor, mas errou muitos passes. Não conseguiu ajudar o ataque.

6,0
Balbuena
Errou um passe bobo no início do jogo e deu um vacilo ao não acompanhar Triverio, mas foi bem nos outros lances.

6,5
Pablo
Recuperou-se bem ao travar em cima da hora o chute de Triverio. Rebateu o perigo e não comprometeu.

6,0
Marciel
Teve boa atuação no primeiro tempo, sendo opção a todo instante no ataque. Problema é que não chegava à linha de fundo para cruzar.

6,0
Gabriel
Atuação correta, como de costume. Fechou os espaços à frente da zaga e não comprometeu nas saídas de bola.

5,5
Camacho
Parou os adversários com faltas e perdeu muitas bolas nas tentativas de ajudar o ataque.

5,5
Romero
Esforçado, como sempre, mas não conseguiu produzir tanto pelo lado direito quanto pelo esquerdo.

4,5
Jadson
Jogou centralizado e levou certo perigo apenas em uma cobrança de falta. Não conseguiu armar as jogadas e foi substituído.

5,0
Marquinhos Gabriel
Outro que não conseguiu ajudar na armação das jogadas. Chegou a ir para o lado direi

4,5

Movimentou-se para abrir espaços, mas não recebeu bolas. Ainda foi expulso já nos acréscimos.

0,0
Rodriguinho
Ficou cerca de dois minutos em campo. Entrou, deu uma solada em González e foi expulso.

5,0
Giovanni Augusto
Nem parece que entrou no segundo tempo. Não conseguiu mudar a postura ofensiva da equipe e pouco pegou na bola.


Kazim
Jogou cerca de dez minutos, mas praticamente não pegou na bola. Fica sem nota.

5,0
Téc: Fábio Carille
Preservou jogadores e foi prejudicado pela expulsão de Rodriguinho. Corinthians não jogou mal, mas gol sofrido no duelo de ida pesou.








Corinthians empata sem gols com o Racing e dá adeus à Copa Sul-Americana mesmo invicto

Timão controla boa parte do jogo na Argentina, mas cria muito pouco e acaba eliminado. Rodriguinho é expulso com menos de dois minutos em campo. Jô também leva vermelho


Por GloboEsporte.com,

20/09/2017 23h39


O Corinthians está fora da Copa Sul-Americana. O Timão até controlou o jogo em Avellaneda, mas foi pouco produtivo no ataque e não passou de um empate por 0 a 0 com o Racing, nesta quarta-feira, no estádio El Cilindro, pelas oitavas de final. O gol marcado no 1 a 1, semana passada, em Itaquera, deu a vaga aos argentinos. O adversário nas quartas será o Libertad, do Paraguai. 


A atuação alvinegra foi prejudicada ainda mais com a expulsão de Rodriguinho, na metade do segundo tempo. O jogador entrou no lugar de Jadson e ficou apenas um minuto e cinquenta e cinco segundos em campo. Ele deu uma entrada violenta em González e recebeu cartão vermelho direito, atrapalhando a equipe. Aos 46, Jô também foi expulso. 


O Corinthians passa a pensar no Campeonato Brasileiro até o fim do ano. E a expectativa de título é enorme. A equipe dirigida por Fábio Carille tem dez pontos de vantagem para o vice-líder e faz o majestoso, domingo, fora de casa as 11 h



Racing espera, mas Timão não cria

Ao contrário do que Fábio Carille imaginava, o Racing adotou uma postura bastante cautelosa no primeiro tempo. Com o gol marcado na Arena no primeiro jogo, os argentinos jogaram de acordo com o regulamento e deixaram que o Corinthians ficasse com a bola. 


Romero sofre com a marcação do Racing (Foto: EFE) 


Nos cinco primeiros minutos, o Timão chegou a ter 78% de posse de bola, boa parte dela no campo de ataque. O número, porém, não se refletiu em chances de gols ou em uma grande pressão. A equipe trocou passes, buscou os lados do campo, mas não conseguiu superar o forte bloqueio armado pelo técnico Diego Cocca.











Expulsões atrapalham, e Corinthians invicto se despede com empate de Copa Sul-Americana




Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP

Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 Corint



Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP




Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP



Racing 0x0 CorinthiansAFP1/8

Gabriel Carneio - 20/09/2017 - 23:44


O Corinthians, lider isoladissimo do Brasileirão 2017 com 10 pontos de vantagem, despediu-se hoje da Copa Sul Americana, de forma invicta. Mesmo com empate fora de casa por 0x0 o Timão sai do torneio pelo critério de desempate de gol fora de casa pois na Arena Corinthians foi 1x1. O Corintans poupou o lateral esquerdo Guilherme Arana e pôs o meia Rodriguinho no segundo tempo, tendo este sido expulso.


Em duelo marcado por muitas faltas e poucas chances claras de gol, foram dois cartões vermelhos que gerararm reclamações dos corinthianos e pos fim a chance de classificação. Sem Rodriguinho e Jô nos minutos finais, o Timão teve sua reação atrapalhada, pois empatou em 1 a 1 no Brasil

Marcação pesada e abuso do contato físico. Assim como ocorreu na Arena Corinthians, o Racing manteve suas características atuando em Avellaneda, com cinco defensores, dois volantes marcadores e pouca criatividade ofensiva. Foi isso, aliás, que também faltou ao Timão na Argentina. Em resumo: o Timão contava com uma defesa segura, mas na hora de atacar sofria que só. Ou seja, foi um primeiro tempo de poucas situações de gol.

Do lado do Racing, um chute de Lisandro López após tirada parcial de Camacho que passou à direita de Cássio e uma recuperação impecável de Pablo em lance com Triverio que foi a melhor chance. Já pelo Corinthians houve um bom lançamento de Cássio para Romero puxar contra-ataque e ser derrubado por Barbieri. Na falta, Jadson bateu à direita do gol. Ainda houve um cruzamento de Marciel escorado por Jô e que terminou com o rebote mal aproveitado por Jadson. Não foi muita coisa: duas chances de gol para cada lado. Mas faltas... dez do Corinthians e 11 do Racing. Um show. Só que não.
O Corinthians voltou para o segundo tempo com a ideia de agredir mais pelos lados, mas um lance aos 19 minutos atrapalhou os planos. Acionado dois minutos antes na vaga de Jadson e responsável por segurar uma bola no ataque que quase rendeu gol, Rodriguinho deu uma solada em González e foi expulso com menos de dois minutos em campo. Pilhado, o titular poupado do primeiro tempo precisou sair de campo sob acompanhamento de seguranças e diante de revolta geral dos corinthianos no gramado.

A mal sucedida demonstração de raça de Rodriguinho deixou o Corinthians com um a menos e diante de seu maior desafio no ano: fazer o placar contra um adversário forte na defesa, em um torneio sul-americano, com uma torcida forte do outro lado e em desvantagem numérica. Marquinhos Gabriel até tentou criar chances, Carille acionou Giovanni Augusto e Kazim para jogar o time à frente, mas nada feito. No finzinho, uma falta de Jô em Solari causou mais um cartão vermelho no Corinthians. Agora o Corinthians foca até o fim do ano no Brasileirão, onde é líder isoladíssimo com 10 pontos de vantagem.


FICHA TÉCNICA
 racing 0 X 0 CORINTHIANS
 Copa Sul Americana 2017 8ªs de final volta
 Local: El Cilindro, em Avellaneda (ARG)
 Data-Hora: 20/9/2017 - 21h45
 arb: Leodan González,
 Mauricio Espinosa e Nicolas Taran (URU) 
Público/renda: Não divulgado
Cartões amarelos: Barbieri, Grimi e González (RAC); Gabriel e Marquinhos Gabriel (COR)
Cartões vermelhos: Rodriguinho e Jô (COR)

racing : Gaston Gómez; Solari (Pillud, aos 49'/2ºT), Vittor, Barbieri, Grimi e Soto; González, Arévalo Rios e Zaracho (Meli, aos 43'/2ºT); Lisandro López e Triverio. Técnico: Diego Cocca.

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel (Kazim, aos 38'/2ºT); Gabriel e Camacho; Romero (Giovanni Augusto, aos 29'/2ºT), Jadson (Rodriguinho, aos 18'/2ºT) e Marquinhos Gabriel; Jô. Técnico: Fábio Carille.  























Zagueiro corinthiano Balbuena mira vaga e sonha com taça da Sul-Americana

Zagueiro paraguaio teve a faixa em todos os cinco jogos do Corinthians no torneio.

Por Diego Ribeiro
20/09/2017 10h30

Quando o assunto é Copa Sul-Americana, o técnico Fábio Carille tem um homem de confiança: capitão em todos os cinco jogos do Corinthians na competição em 2017, o zagueiro paraguaio Balbuena mantém os pés no chão, mas já sonha (por que não?) em levantar uma taça pelo clube.

O paraguaio, aos poucos, ganhou status de líder e passou a ter a faixa em todos os jogos internacionais da temporada. No jogo do Corinthians contra Racing, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), em Avellaneda, ele deve manter sua sequência e tentar classificar o Timão às quartas de final da Sul-Americana. Para ele, a vaga é mais importante do que a faixa.

– Contente pela confiança que o Fábio tem em mim nesse aspecto. Não considero uma coisa primordial, já me sinto contente de poder jogar no time e ser titular. O fato de ser capitão fica para mim em segundo plano. Vou tentar sempre fazer meu melhor para ajudar a equipe. Logicamente, em um torneio internacional, ser capitão é algo muito bom. O mais importante é ajudar a equipe a vencer – afirmou Balbuena.


Capitão do Corinthians, Balbuena se tornou homem de confiança de Carille na Sul-Americana (Foto: Daniel Agusto Jr/Ag. Corinthians)

Mesmo assim, é inevitável não sonhar com a taça. Capitão por onde passou, Balbuena está acostumado às responsabilidades desde cedo. Ele trata o tema com naturalidade, mas não nega que teria um gostinho especial em receber a taça nas mãos.

– É um sonho, né? Desde pequeno, todo jogador sonha com isso. Ser campeão, capitão, mas chega um momento na carreira em que você... Pelo menos é meu pensamento. Em todos os times que passei, fui capitão, então não é algo que me deixa louco. Se não acontecer, vou ficar feliz se for o último da fila, mas levantando a taça. É isso que importa. Ninguém é mais do que ninguém nessa equipe, e vamos seguir dessa forma. Sem vaidade – destacou o zagueiro.

Com a inseparável garrafa de tereré (bebida tradicional do Paraguai) nas mãos, Balbuena conversou com a reportagem e falou de seus planos para o futuro. Com contrato até o fim de 2018, sem renovação definida e com assédio do exterior, ele quer jogar a Taça Libertadores.



Balbuena e o tereré: inseparáveis (Foto: Diego Ribeiro)


Veja abaixo as principais respostas de Balbuena:


Importância da Sul-Americana
– Para nós, é o único título que o Corinthians ainda não tem. Vamos tentar de tudo para obter esse título. Temos uma parada difícil fora de casa, mas temos plena confiança no nosso time. Mesmo em amistoso ou Campeonato Paulista, é sempre uma alegria jogar no Corinthians. Mas num torneio internacional, com todo mundo vendo, significa muito para mim e para meus companheiros. Vamos fazer um bom trabalho.


Papel do capitão
– O único detalhe é ter mais liberdade para falar com o juiz. Quando você não é capitão e vai falar com o juiz, ele não quer nem falar com você. Tem essa pequena diferença. Os árbitros são estrangeiros na Sul-Americana, falam espanhol, e tenho essa facilidade para chegar neles e falar. A diferença está nessas coisas, mas minha atitude dentro de campo é a mesma. É uma alegria levar a faixa, ter essa confiança, ser o capitão do jogo, mas não muda quem eu sou.



+ CLIQUE AQUI e veja a tabela da Sul-Americana


Arbitragem sul-americana
– Deixam um pouco mais as jogadas continuarem, é um jogo mais pegado pelas características do futebol fora do Brasil. O jogo do argentino, do uruguaio, é mais de força e contato. Tem essa pequena diferença e temos de nos adaptar. Sabemos jogar esse tipo de jogo, estamos acostumados a ele. Sabemos da nossa responsabilidade que é vencer aqui.


Como vencer o Racing?
– Fazendo o que sempre estamos fazendo, jogando da mesma forma, mantendo a posse de bola, fazendo triangulações, sendo solidário na hora de marcar. Mas sabendo que temos de sair para o jogo, sem se desesperar. O jogo tem 90 minutos, muito tempo para trabalhar e fazer um gol. Ganhando, a gente passa. Temos de ter essa inteligência para fazer as melhores escolhas e chegar ao gol. Tenho plena confiança na nossa equipe.

Balbuena é o capitão do Corinthians na Sul-Americana, inclusive contra o Racing (Foto: Marcos Ribolli)

Clima de Libertadores
– É a mesma pegada. O futebol sul-americano é assim, os torneios têm importância. A gente sempre tenta pensar cada jogo de uma maneira e levar o máximo potencial possível. A sequência de jogos desgasta, às vezes você vai ter de poupar alguém, mas estamos com a equipe bem forte. Todo mundo trabalha forte, independentemente de quem jogar.


Permanência em 2018
– A Libertadores é sempre boa de jogar, tem um escalão acima da Sul-Americana. Todo mundo quer jogar, todos querem ser campeões e deixar uma marca importante no clube. É esse meu objetivo.



Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Racing
Local: El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô
Desfalques: Clayson (disputou a Sul-Americana pr outro clube), Arana (poupada), Pedrinho (transição física), Léo (dores no púbis), Paulo Roberto (dores na coxa direita) e Danilo (lesão na panturrilha esquerda)
Pendurado: Fagner 


19 de set de 2017

CORINTHIANS 19/09/2017


Corinthians vai a Avellaneda para lutar por classifiçãoo as quartas da Copa Sul Americana

19.9.2017
21h42
atualizado às 21h42


O Corinthians enfrenta Racing, na noite desta quarta-feira, no Cilindro de Avellaneda, pelo jogo de volta das oitavas de final. O Timão se classifica com vitória simples ou empate por 2 ou mais gols. Se empatar por 1x1, decide nos pênaltis.
"O resultado positivo nos deu tranquilidade, mas não trabalho em cima de resultado, e sim de desempenho", discursou Carille, respeitoso
Apesar das qualidades do Racing e de precisar buscar uma vitória ou uma igualdade por um placar superior a 1 a 1 (que provocaria uma disputa de pênaltis), Carille preservará titulares. O técnico levou em consideração que, já na manhã de domingo, o líder do Brasileiro disputará o majestoso e quer distanciar-se mais na liderança do torneio, onde atualmente tem 10 pontos de vantagem

Apenas o lateral esquerdo Guilherme Arana, no entanto, não viajou à Argentina, até porque se reabilitou recentemente de lesão muscular. O volante improvisado Marciel será o substituto. Desgastados, o volante Maycon e o meia Rodriguinho serão reservas de Camacho e Marquinhos Gabriel. Em compensação, o meio-campo corintiano voltará a contar com a proteção do volante Gabriel, que havia cumprido suspensão contra o Vasco.


FICHA TÉCNICA
racing X CORINTHIANS
Coa sul americana 2017- 8as de final
Local: Estádio El Cilindro, em Avellaneda (Argentina)
Data: 20 de setembro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
arb: Leodan González, Mauricio Espinosa e Nicolas Taran (ambos do Uruguai)

racing: Musso (Gastón Gómez); Solari, Vittor, Barbieri, Grimi e Soto; Pulpo González, Arévalo Ríos e Zaracho; Lisandro López e Triverio Técnico: Diego Cocca

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel, Camacho, Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô
Técnico: Fábio Carille







Fabio Carille pede jogo inteligente ao Corinthians diante de ‘ofensivo’ Racing (ARG)

Sem fazer mistério, técnico do Corinthians confirmou o provável time titular, com mudanças, para o duelo decisivo na Argentina pelas oitavas de final da Conmebol Sul-Americana

21h18 19/09/2017 - Agência Corinthians



"Nossa busca é por repetir padrão o tempo todo", disse Fabio Carille

© Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians


O Corinthians está pronto para encarar o Racing (ARG) nesta quarta-feira (20), pela partida de volta das oitavas de final da Conmebol Sul-Americana, no estádio El Cilindro, em Avellaneda, província de Buenos Aires, na Argentina. Após o empate por 1 a 1 na Arena Corinthians, o Timão inicia a partida precisando de uma vitória simples para se garantir na próxima fase. Preocupado com o desempenho alvinegro no primeiro duelo, Fabio Carillea afirmou que espera ver os jogadores fazendo um jogo inteligente, retendo ao máximo a posse de bola.

"Entregamos demais a bola ao Racing no segundo tempo. Nossa busca é por repetir padrão o tempo todo. Perdemos demais a bola, o Racing é muito qualificado e nos dificultou. Temos de fazer um jogo inteligente e ficar com a bola no pé", pediu o técnico do Corinthians em entrevista coletiva nesta terça-feira (19).

Apesar de ser o Timão a equipe que precisa fazer gol para se classificar -- o 0 a 0 é favorável ao time argentino --, Carille espera que o Racing use o fator casa para pressionar o Alvinegro. "Não acredito que vão ficar atrás. Vai ser um bom jogo. Espero um Racing muito parecido com o que foi em São Paulo. É a ideia de jogo do técnico deles", projetou. "Acredito que o Racing não vai ficar lá atrás, com casa cheia, por ser o Racing. A própria torcida vai empurrar e vai fazer com que eles venham para cima de nós”, acrescentou.

Precisando poupar alguns atletas, Carille promoverá mudanças na equipe que inicia o confronto na Argentina. Após o treino de reconhecimento no estádio El Cilindro, palco do duelo contra o Racing, nesta terça-feira (19), o técnico do Corinthians confirmou o time titular com Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.

"Guilherme Arana ficou um mês lesionado, voltou a sentir um incômodo. Nós, junto com o departamento médico, preferimos segurá-lo para domingo. É o melhor lateral esquerdo do Brasil. Marciel tem dado resposta positiva, mas é muito difícil substituir o melhor do setor nesta posição", explicou. “Maycon e Rodriguinho se queixaram de dor na perna. Achamos melhor, neste momento, que eles iniciem no banco", completou.




Corinthiano Técnico Fábio Carille sobre Jô: "É o mesmo de sempre"
Jô esteve descontraído em treino nesta terça-feira antes de pegar o Racing, na Argentina, pela Copa Sul-Americana


Por Diego Ribeiro
19/09/2017 21h19

A comissão técnica do Corinthians não acredita que o atacante Jô levará a campo os comentários negativos que ouviu após os episódios do fim de semana, quando marcou um gol contra o Vasco com a ajuda do braço e sofreu uma série de críticas.

Nesta terça-feira, na véspera da partida contra o Racing, na Argentina, pelas oitavas de final da Sul-Americana, o técnico Fábio Carille disse acreditar que o centroavante de 30 anos não tenha ficado abalado emocionalmente com a situação.



Técnico Fábio Carille: Jô está bem emocionalmente  (Foto: Daniel Augusto Jr / Agência Corinthians)


– Espero Jô muito bem, com a cabeça muito boa, no hotel ele ficou bem. É o mesmo de sempre – destacou o treinador.

No treinamentos, o jogador foi visto fazendo as brincadeiras habituais com os companheiros, em clima de descontração. Mais cedo, o centroavante deu um pronunciamento para a imprensa ao lado dos dirigentes do Timão confirmando o toque na mão.

– Quem me conhece sabe que sou uma pessoa só, não tenho duas personalidades. Depois que saí do jogo, não tinha visto a imagem do gol. Chegando em casa, vi que a bola tocou no braço. Mas quero deixar claro que não quis trapacear – afirmou o jogador.




Corinthians
✔@Corinthians


#TamoJuntoJô #UmPorTodosTodosPorUm


Artilheiro do time na temporada com 20 gols, Jô tem chance de marcar o primeiro na Copa Sul-Americana. Além dos 13 no Brasileirão, onde é vice-artilheiro, fez um na Copa do Brasil e outros seis no Paulistão.

Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Racing:
Local: El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.
Desfalques: Clayson (disputou a Sul-Americana pela Ponte Preta), Arana (poupada), Pedrinho (transição física), Léo Santos (dores no púbis), Paulo Roberto (dores na coxa direita) e Danilo (lesão na panturrilha esquerda)
Pendurado: Fagner





Corinthiano técnico Fábio Carille vê Jô muito bem para amanhã
íticas.

- Eu espero o Jô muito bem, vai entrar em campo e desempenhar seu melhor. Eu não vi a entrevista dele hoje (terça-feira), mas no dia a dia foi normal, como sempre faz, no hotel, no bobinho... - afirmou Carille.

O Corinthians visita o Racing nesta quarta-feira, às 21h45, no El Cilindro, em Avellaneda. Como o duelo de ida terminou empatado por 1 a 1, o Timão precisa vencer ou empatar por dois gols ou mais para se classificar.



Jô em treino do Corinthians na Argentina
Foto: Daniel Augusto Jr / LANCE!





Técnico Fábio Carille preserva trio no Corinthians, mas reforça foco na Sul-Americana: 'Muito a sério'

Técnico do Corinthians valoriza competição sul-americana e não espera Racing diferente, apesar da vantagem de poder empatar sem gols para avançar às quartas de final


Gabriel Carneiro

19 /9/2017
21h36

O Corinthians terá que preservar Guilherme Arana, Maycon e Rodriguinho por desgaste físico. O técnico Fábio Carille reforçou o foco do Corinthians na Copa Sul-Americana. O Timão encara o Racing nesta quarta-feira, às 21h45, na Argentina, pelo duelo de volta das oitavas de final - o confronto de ida terminou empatado por 1 a 1  na Arena Corinthians.

- É um campeonato importantíssimo ao Corinthians, é um título que falta. Estamos levando muito a sério, tanto que não estou poupando ninguém, só tirando três jogadores. É muito importante para nós, para minha carreira, meu primeiro torneio internacional, então levo muito a sério - afirmou Carille, em entrevista coletiva após o treino realizado na noite desta terça-feira no El Cilindro, palco da partida.

O treinador acredita que o Racing não mudará sua forma de jogar, apesar de ter a vantagem de empate sem gols para avançar às quartas de final. Carille também diz que o Corinthians não terá alterações.

- O Racing tem uma forma definida de jogar, não acho que com 50 mil torcedores aqui vão ficar atrás. Espero algo muito parecido com o que foi na nossa casa, é assim que ele tem jogado, é o estilo do treinador - analisou Carille.

- Apesar de não começarmos com a vantagem, temos que fazer um jogo inteligente, bola no pé, rodando com qualidade para conseguirmos a classificação - encerrou Carille.



Técnico Fábio Carille no El Cilindro
Foto: Daniel Augusto Jr/Ag.Corinthians / LANCE!










Mudanças, estádio rival com apagão e reconhecimento de campo: Timão treina no El Cilindro


Por desgaste físico, Maycon e Rodriguinho iniciam no banco de reservas nesta quarta-feira. Corinthians treinou no estádio do Racing, palco do duelo de volta das oitavas de final


Gabriel Carneiro

19.9.2017
20h57
atualizado às 21h09
O técnico Fábio Carille confirmou o Corinthians com três mudanças para encarar o Racing (ARG), nesta quarta-feira, às 21h45, pelo duelo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Em relação à vitória do Timao, lider isolado do brasileirao com 10 pontos de vantagem, sobre o Vasco no último domingo, entram Marciel, Gabriel e Marquinhos Gabriel.

O Corinthians vai a campo com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.

O volante Gabriel volta após cumprir suspensão, mas Camacho será mantido na equipe porque Maycon apresenta desgaste físico elevado. Quem também será preservado é o meia Rodriguinho, substituído por Marquinhos Gabriel - com isso, Jadson atuará centralizado na linha de três atrás de Jô. O técnico Fábio Carille explicou as mudanças e disse que conta com Maycon e Rodriguinho entre 15 e 30 minutos em campo.

- O time vai ficar parecido com o que terminou o jogo contra o Vasco, só que era o Rodriguinho. Maycon e Rodriguinho se queixaram de dor na perna, então nos reunimos e decidimos que os dois iniciam no banco. Se precisarmos, eles podem ajudar saindo do banco - confirmou o técnico Fábio Carille, antes de comentou sobre a situação de Guilherme Arana, que nem sequer viajou à Argentina.

- Ele ficou um mês lesionado, fez ótimo jogo, mas voltou a sentir um incômodo, nada preocupante para a sequência. Achamos melhor ele ficar no CT joaquim Grava para se preparar. Ele é o melhor lateral-esquerdo do futebol brasileiro hoje, faz um ano maravilhoso, e o Marciel dá uma resposta positiva. Só é muito difícil substituí-lo - disse Fábio Carille.

O Corinthians treinou na noite desta terça-feira no El Cilindro, palco da partida em Avellaneda (ARG). Ainda no aquecimento dos jogadores, o estádio do Racing sofreu um apagão. Os refletores ficaram pouco mais de dez minutos às escuras, mas a atividade do Timão não foi interrompida.
Fábio comandou um trabalho em campo reduzido, com no máximo dois toques, e deu orientações a todo instante. Como apenas 20 jogadores foram relacionados, cada time tinha dez. A equipe reserva contou com o volante Gabriel "emprestado" e ainda teve o goleiro Caíque improvisado na zaga.

Após a atividade em campo reduzido, os jogadores fizeram um trabalho específico de finalizações. Já os três zagueiros relacionados (Balbuena, Pablo e Pedro Henrique) treinaram bolas aéreas ofensivas no outro gol.

Como o duelo de ida terminou empatado por 1 a 1 na Arena Corinthians, o Corinthians precisa vencer ou empatar por dois gols ou mais para avançar às quartas de final da Copa Sul-Americana. Um novo empate por 1 a 1 leva a decisão para os pênaltis.




Estádio de rival argentino fica sem luz durante treino do Corinthians, e clube faz brincadeira na rede social
O Cilindro, em Avellaneda, palco da partida desta quarta, ficou sem luz e os atletas ficaram no escuro em campo. Veja as imagens


19/09/2017 23:33



Corinthians
✔@Corinthians


Faltou luz no Cilindro. Criamos um novo tipo de atividade: treino à base de  na #VaiCorinthians 
19:57 - 19 de set de 2017




Em treino com apagão em estádio de rival argentino, técnico Fábio Carille escala Corinthians com Marquinhos Gabriel e Camacho como novidades

19 SET2017
21h22

O Corinthians terá mais duas mudanças em sua formação titular na partida contra o Racing, na noite de quarta quarta-feira, quando estará em jogo uma vaga nas quartas de final da Copa Sul-Americana. Além da entrada de Marciel na lateral esquerda, já que Guilherme Arana nem sequer viajou à Argentina, o técnico Fábio Carille recorrerá ao meia Marquinhos Gabriel e ao volante Camacho nos lugares de Rodriguinho e Maycon.

As mudanças foram ensaiadas no treinamento da noite desta terça-feira, no Cilindro de Avellaneda, que ficou às escuras durante mais de dez minutos. Os refletores do estádio do Racing apagaram no momento em que o Corinthians realizava aquecimento.

"Não acredito que tenha sido por maldade ou algo assim. Se fosse, eles cortavam a luz e acabou. A iluminação voltou, e a gente conseguiu fazer o que estava programado", minimizou Carille, que, além de ter orientado o posicionamento dos seus titulares, supervisionou uma atividade de finalizações.

O técnico já havia indicado que pouparia jogadores contra o Racing logo após a vitória por 1 a 0 sobre o Vasco, no domingo, pelo Campeonato Brasileiro. Afinal, a competição nacional é encarada como prioridade e, já na manhã de domingo, o Corinthians disputará o majestoso

Na segunda-feira, o meia Rodriguinho se queixou publicamente de dores na perna. O volante Maycon era outro desgastado fisicamente. Ambos ficarão como opções para o segundo tempo da partida deste meio de semana. Assim, o Corinthians terá o seguinte time no gramado do Cilindro: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel, Camacho, Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.

"Não estou poupando ninguém. Só tirando três jogadores", disse Carille, contraditório, assegurando que valoriza a Sul-Americana. "É um campeonato importantíssimo, um título que falta ao Corinthians, o meu primeiro torneio internacional. Estamos levando muito a sério."

Para seguir na Copa Sul-Americana sem a necessidade de disputa de pênaltis, o Corinthians precisa vencer o Racing ou alcançar um empate por um placar superior a 1 a 1, a igualdade da semana passada, na Arena Corinthians.






Treino do Corinthians tem estádio apagão, e técnico Fábio Carille promove mudanças na Argentina

Técnico decide poupar dois titulares contra o Racing em atividade com queda de energia

Por Diego Ribeiro

O Corinthians fez um treino parcialmente às escuras no El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina, na noite desta terça-feira, em atividade que Fábio Carille promoveu mudanças na escalação. Camacho e Marquinhos Gabriel ficam com as vagas de Maycon e Rodriguinho, que começam no banco.

Por conta de uma queda de energia e de um gerador que apresentou problemas ainda durante o aquecimento, os jogadores ficaram em campo por cerca de 10 minutos sem nenhuma iluminação. O treino, porém, não foi interrompido pela comissão técnica.



Estádio do Racing ficou no escuro, mas o treino não parou (Foto: Diego Ribeiro)

Na parte final da atividade, já com a energia reestabelecida, o técnico Fábio Carille dividiu o elenco de 20 atletas em dois grupos. Num deles, o terceiro goleiro Caíque França quebrou um galho como zagueiro. Ficou assim:

Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô
Walter, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Caíque França, Gabriel, Maycon, Fellipe Bastos, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Kazim.


Escalados no time reserva, Maycon e Rodriguinho começam a partida como reservas por conta do desgaste, abrindo vaga a Camacho e Marquinhos Gabriel. A ideia é ter todos atletas no majestoso, domingo, às 11h, no Morumbi, pelo Brasileirão.

– Vai ficar parecido com o time que terminou o jogo contra o Vasco. Maycon e Rodriguinho se queixaram de dor na perna. Achamos melhor neste momento que eles iniciem no banco – explicou o treinador.

Gabriel, que treinou entre os reservas na atividade de 10 contra 10, completa o time principal. Vale lembrar que Guilherme Arana, preservado, nem viajou

– Arana ficou um mês lesionado, voltou a sentir um incômodo. Nós, junto com o departamento médico, preferimos segurá-lo para domingo. É o melhor lateral-esquerdo do Brasil. Marciel tem dado resposta positiva, mas é muito difícil substituir o melhor do setor nesta posição – disse.


A escalação terá: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.
Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Racing:
Local: El Cilindro, em Avellaneda, na Argentina
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.
Desfalques: Clayson (disputou a Sul-Americana pela Ponte Preta), Arana (poupada), Pedrinho (transição física), Léo Santos (dores no púbis), Paulo Roberto (dores na coxa direita) e Danilo (lesão na panturrilha esquerda)
Pendurado: Fagner










RESUMO DO TREINO do Corinthians em Buenos Aires:

- Rolou um apagão de 10 minutos;
- Maycon e Rodriguinho começam como opções pelo desgaste;
- Além de Marciel na esquerda, o time terá Marquinhos Gabriel e tem o retorno de Gabriel.

Escalação: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.

Amanhã, 1a1 dá pênaltis. O Corinthians tem de vencer ou empatar por 2a2, 3a3, etc

Corinthians escalado pelo técnico Fábio Carille para amanhã com: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.




Fim da entrevista coletiva de Fábio Carille.

Carille: "Acredito que o Racing não vai ficar lá atrás, com casa cheia, por ser o Racing. A própria torcida vai empurrar e vai fazer com que eles venham para cima de nós. Nossa postura será a mesma, apesar de não começarmos com a vantagem. Temos de fazer um jogo inteligente e ficar com a bola no pé".


Carille: "Entregamos demais a bola ao Racing no segundo tempo. Nossa busca é por repetir padrão o tempo todo. Perdemos demais a bola, o Racing é muito qualificado e nos dificultou".

Carille: "Com certeza o resultado positivo dá uma tranquilidade para trabalhar, mas o que conta também é desempenho. Uma vitória, do jeito que foi, impondo diante de um Vasco muito bem armado, é importante ter a vitória".

Carille: "O apagão não atrapalhou em nada. Não foi maldade ou algo assim, porque voltou".


Carille: "O trabalho de finalizações foi deles mesmo, o meu terminei depois do jogo de nove contra nove. Depois foi um pedido deles. Fiquei de lado, só observando".

Carille: "sabemos da força do Racing aqui. É uma equipe muito bem treinada".


Carille: "Não vi a entrevista do Jô mais cedo, então não sei. Mas no dia a dia, no bobinho, foi da mesma forma de sempre".


Sobre o Racing:

"Não acredito que vão ficar atrás. Vai ser um bom jogo. Espero um Racing muito parecido com o que foi na Arena É a ideia de jogo do técnico deles".

Carille: "Espero o Jô muito bem, com a cabeça muito boa, com o hotel ali na gente ficou bem. É o mesmo Jô de sempre".

Carille: "Campeonato importantíssimo para o Corinthians, é o único título que falta. Estamos levando muito a sério, tanto que não estou poupando ninguém. Poderia ter vindo com time alternativo, mas só estou tirando três jogadores. É muito importante para nós, para minha carreira, meu primeiro campeonato internacional. Viemos para buscar a classificação".


Carille explica as mudanças:

"Vai ficar parecido com o time que terminou o jogo contra o Vasco. Maycon e Rodriguinho se queixaram de dor na perna. Achamos melhor neste momento que eles iniciem no banco".


Carille: "Guilherme Arana ficou um mês lesionado, voltou a sentir um incômodo. Nós, junto com o departamento médico, preferimos segurá-lo para domingo. É o melhor lateral-esquerdo do Brasil. Marciel tem dado resposta positiva, mas é muito difícil substituir o melhor do setor nesta posição".

Carille confirma o Corinthians com Camacho e Marquinhos Gabriel.
Carille: "Estamos acostumados à pressão, os atletas sabem disso, da rivalidade de uma equipe brasileira com outra argentina, será um grande jogo".

Carille confirmou o time: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.

Carille: "Mantenho minha forma de jogar, não gosto de mudanças. Primeira vez que vamos jogar fora com resultado adverso, 0 a 0 não sendo a nosso favor. Espero um jogo muito difícil, mas não espero o Racing atrás, e sim vindo para o jogo".


Carille na área: "É minha primeira vez na Argentina". #trsccp


Carille fala em instantes para confirmar o time.

O Corinthians deve começar com Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô.


Fim de treino por aqui! #trsccp
De um lado, meias e atacantes finalizam com os pés. De outro, os três zagueiros trabalham bolas aéreas. #trsccp


Trabalho agora é de finalizações. #trsccp



Relação entre Corinthians e Racing é tão boa que o clube argentino cedeu um camarote extra aos visitantes. #trsccp


Trabalho rolando por aqui! Daqui a pouco, Fábio Carille fala. #trsccp



Como são apenas 20 relacionados, goleiro Caíque quebra um galho na zaga. Trabalho é de posse de bola. #trsccp


Segundo time: Walter, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Caíque  França 
(goleiro improvisado), Gabriel, Maycon, Fellipe Bastos, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Kazim. #trsccp

Primeiro time: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Camacho; Romero, Jadson e Marquinhos Gabriel; Jô. #trsccp

Linha de meias tem Romero na direita, Jadson centralizado e Marquinhos na esquerda. #trsccp


Maycon e Rodriguinho treinam entre os reservas. Gabriel idem, mas para equilibrar os times. #trsccp

São dois times com dez jogadores cada. Provável titular tem Marciel, Camacho e Marquinhos Gabriel. #trsccp

Carille reúne o elenco. Hora do time! #trsccp



Segue o aquecimento! #trsccp


Dez minutos depois, primeiros refletores voltam a funcionar. #trsccp



Um gerador de energia apresentou problemas, e por isso estamos sem luz. E sem previsão de volta... #trsccp

Clima no treino é de descontração. Jogadores continuam em trabalho de aquecimento, mesmo no escuro. #trsccp


Cena insólita: um celular é a única fonte de iluminação do treino do Corinthians neste momento. #trsccp


Estamos às escuras por aqui. #trsccp



📹🇦🇷O #Timão já faz o treino de reconhecimento no El Cilindro, palco de #RACxCOR amanhã pela Conmebol Sul-Americana!…

Acabou a luz! #trsccp


Elenco do Corinthians está no aquecimento. Cássio pediu atendimento, mas logo voltou. #trsccp


Torcida do Corinthians fica nesse setor do El Cilindro. #trsccp



Técnico Fábio Carille se dirige aos jogadores. Daqui a pouco, forma o time . #trsccp



Treino será em campo reduzido. As duas áreas estão protegidas por cordas. #trsccp



Corinthians em campo! #trsccp



Bienvenidos al Cilindro, @Corinthians!


Corinthians chegou ao estádio. Estamos a caminho da parte interna. #trsccp






















Poupado no Corinthians, lateral esquerdo Guilherme Arana faz fortalecimento e deve voltar domingo

Timão conta com o retorno do lateral-esquerdo titular



Por Marcelo Braga
19/09/2017 16h46 


O Corinthians poupará o lateral esquerdo Guilherme Arana contra o Racing, na Argentina, nesta quarta-feira, às 21h45, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana, mas ele está praticamente escalado para voltar domingo no majestoso, fora de casa, as 11h

Excluído da viagem pela comissão técnica para realizar fortalecimento muscular, o jogador de 20 anos treinou nesta terça-feira no CT Joaquim Grava junto de outros jogadores que não foram para Avellaneda, como os atacantes Carlinhos e Pedrinho.



Guilherme Arana deve reforçar o Corinthians no clássico de domingo (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Guilherme Arana voltou a atuar na vitória por 1x0 do Corinthians no último domingo sobre vasco, e teve boa participação, mas reclamou de dores após a partida. Sem ele, o técnico Fábio Carille vai novamente utilizar Marciel na lateral esquerda diante do Racing.


GOLEIROS: Cássio, Walter e Caíque França
LATERAIS DIREITO Fagner e Léo Príncipe
ZAGUEIROS: Balbuena, Pablo e Pedro Henrique
LATERAL ESQUERDO: Marciel,
VOLANTES: Maycon, Camacho, Gabriel e Fellipe Bastos
MEIAS: Jadson, Rodriguinho, Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto
ATACANTES: Jô, Romero e Kazim


Veja as informações do Corinthians para o jogo contra o Racing:
Local: El Cilindro, em Avellaneda, Buenos Aires, na Argentina.
Data e horário: quarta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Provável escalação do Corinthians: Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo e Marciel; Gabriel e Maycon; Jadson, Rodriguinho e Romero; Jô
Desfalques: Clayson (disputou a Sul-Americana por outro clube), Arana (poupado), Pedrinho (transição física), Léo (dores no púbis), Paulo Roberto (dores na coxa direita) e Danilo (lesão na panturrilha esquerda)
Pendurado: Fagner








Corinthians inicia venda de ingressos para 2 jogos pelo Brasileirão

Descontos, que podem chegar a 65%, são maiores para os sócios do Fiel Torcedor que garantirem o ingresso para as duas partidas


15h05 19/09/2017 - Agência Corinthians




Ingressos podem ser adquiridos através do Fiel Torcedor

© Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians

O Corinthians inicia a venda de ingressos a sócios do Fiel Torcedor para os jogos contra Coritiba e Grêmio, válidos pelas 27ª e 29ª rodadas do Campeonato Brasileiro, nesta terça-feira (19). As partidas estão marcadas para os dias 11 e 18 de outubro, duas quartas-feiras, 21h e 21h45, respectivamente, na Arena Corinthians.

Beneficiados do programa (com 32 pontos ou mais) e sócios do Plano Meu Amor podem comprar a partir das 15h desta terça-feira (19). Os demais associados compram a partir desta quarta-feira (20), também às 15h.

Os descontos, de até 65%, serão cumulativos. O sócio do Fiel Torcedor que garantir ingresso para as duas partidas terá 10% a mais de desconto em todos os setores, conforme tabela abaixo.

Na abertura, haverá ingressos disponíveis para os setores Norte, Sul, Leste, Leste Central, Oeste Superior, Oeste Inferior e Oeste Corner. Além dos setores tradicionais, o Business Lounge, que inclui serviço de buffet com salgados, mini lanches, sobremesa, refrigerante e suco, terá entradas à venda.

Torcedores do Plano Minha Nação (www.arenacorinthians.com.br/minha-nacao) já têm a cadeira garantida neste e em todos os jogos do Timão na temporada. Para associar-se ou garantir o seu ingresso, acesse www.fieltorcedor.com.br.
























Corinthiano atacante artilheiro Jô faz pronunciamento após polêmica

Atacante comentou sobre o gol que deu a vitória ao Timão na última rodada do Campeonato Brasileiro


14h05 19/09/2017 - Agência Corinthians





Jô afirma que toque de braço não foi intencional

Reprodução/CorinthiansTV


Alvo de uma polêmica na vitória do Timão diante do Vasco, por 1 a 0, no último domingo (17), pela 24ª rodada do Brasileirão, Jô se pronunciou de forma oficial durante o desembarque do elenco alvinegro em Buenos Aires, onde a equipe se prepara para encarar o Racing, na quarta-feira (20), pela Copa Conmebol Sul-Americana.


O atacante admitiu que a bola bateu em seu braço antes de entrar no gol, mas explicou que no momento do lance não conseguiu reparar no toque, algo que só percebeu ao rever a jogada pela televisão.

"Não tinha intenção de fazer coisa errada, quem me conhece sabe que tenho caráter. Com a minha mudança, tenho sido exemplo para jogadores e algumas pessoas. Sou grato ao que o Corinthians tem feito por mim. Eu não queria ter feito sacanagem. Se eu tivesse convicção, eu falaria. Não tenho por que esconder algo. Foi uma simples jogada, poderia acontecer com qualquer jogador", afirmou.















Para quem está chegando agora, um resumo do que aconteceu nesta manhã:- Corinthians chegou a Buenos Aires, onde enfrenta o Racing, amanhã.

- Jô disse que reviu o gol  e admitiu que a bola bateu em seu braço.

- Atacante negou ter tido intenção de colocar enganar o árbitro: "Eu não quis trapacear".

- Dirigentes do Timão prestaram apoio ao camisa 7.


Está encerrado o pronunciamento de Jô!



Jô volta a falar:

"Para mim, vai ser bom. Para todos vai ser bom. Eu nunca fui de falar de arbitragem. Se for para ajudar, não crucificar os árbitros, beneficiar o Campeonato Brasileiro, é bem-vindo. Uma hora o teste teria que ser feito. Se vai ser no meio do campeonato, que todos entendam que é um processo, não será de uma hora para outra."


"Mais cedo ou mais tarde (o árbitro de vídeo) viria. Se for válido, vier para somar e qualificar, o Corinthians apoia", diz Alessandro.




Agora fala Alessandro, gerente de futebol do Timão:

"O que o Flávio Adauto disse não é o que ele pensa, mas o que todos nós temos convicção. Vejo isso (árbitro de vídeo) como benéfico. Tudo que gerar melhoria para o Campeonato Brasileiro, nos deixa feliz. Essa não vai ser a última polêmica, muitas outras acontecerão. Se for para credenciar nosso campeonato, que assim seja, apoiamos."


Diretoria abraçou Jô desde o primeiro momento após o gol. Elenco também saiu em defesa dele. #trsccp

Jô fala por aqui: "Depois, vendo o lance, realmente bateu na mão. Não estava de sacanagem". #trsccp


"Fiquei chateado por julgarem o meu caráter. Recebi ligações de vários jogadores, gente apoiando... São coisas da vida", declara o camisa 7 do Timão.


"Assim como eu aplaudi e achei fantástica a atitude do Rodrigo Caio, muita gente queria ver uma atitude igual. Mas foi uma situação diferente. Eu me atirei na bola, não fiz movimento de jogar a mão primeiro. Muitos queriam que eu falasse que coloquei a mão. Se tivesse acontecido isso eu falaria. Sempre dei a cara, num momento ruim não tenho por que me esconder."

"Não tinha intenção de fazer coisa errada, quem me conhece sabe que tenho caráter. Com a minha mudança, tenho sido exemplo para jogadores e algumas pessoas. Sou grato ao que o Corinthians tem feito por mim. Eu não queria ter feito sacanagem. Se eu tivesse convicção, eu falaria. Não tenho por que esconder algo. Foi uma simples jogada, poderia acontecer com qualquer jogador", afirma Jô.


Agora fala Jô!

"Estou muito tranquilo. Agradeço a todos os elogios, quem me conhece sabe que sou uma pessoa só, não tenho duas personalidades. Depois que sai do jogo... Não tinha visto a imagem do gol. Chegando em casa, vi que a bola tocou no braço. Mas quero deixar claro que não quis trapacear. Os 19 gols que fiz foram com suor e dedicação. Não tive intenção de colocar a mão na bola."
"Ele sofreu dois pênaltis, reclamou... nessa linha do fair play, o jogador do Vasco deveria ter chamado o juiz e avisado que fez pênalti. O Jô sabe que diretoria, companheiros e torcedores estão ao lado dele, sabemos o quanto ele se dedica", completa o diretor.
Fala agora Flávio Adauto, diretor de futebol do Timão:

"O Jô está tendo uma convivência fantástica, é um dos líderes do Corinthians, um dos mais responsáveis do elenco. Isso o credencia até a cometer um erro, um equívoco, uma falha qualquer. Demonizar um jogador como o Jô, que tem um passado profissional muito bom, que pode ser usado como exemplo, é um exagero."

Jogadores passaram rapidamente, e ninguém falou com os jornalistas. #trsccp
Corinthians chegou! #trsccp

Chegamos!

#VaiCorinthians #RACxCOR
FOTO: CORINTHIANS @CORINTHIANS


Jô fala daqui a pouco. #trsccp COM DORES NA COXA DIREITA, GUILHERME ARANA NEM SEQUER VIAJOU A BUENOS AIRES.
Também acompanharemos o treino do Timão às 19h em tempo real. Alguns jogadores estão desgastados e são dúvidas para enfrentar o Racing, como Maycon e Rodriguinho.
Fabio Carille confirma Corinthians em treino à noite. Certo é que Marciel será titular na lateral esquerda. Gabriel volta. #trsccp 

Ontem, Corinthians e Jô cogitaram a divulgação de um vídeo, mas desistiram da ideia. Acharam melhor um pronunciamento na Argentina #trsccp
Ônibus do Corinthians está próximo do hotel. Trajeto do aeroporto até lá dura cerca de 20 minutos. #trsccp
Depois, elenco almoça, repousa à tarde e treina às 19h no Estádio Presidente Perón, casa do Racing. #trsccp
Daqui a pouco, Jô fará pronunciamento no hotel ao lado da diretoria. Vai falar novamente sobre o gol contra o Vasco. #trsccp


Técnico Fábio Carille foi o primeiro a deixar o aeroporto em direção ao ônibus. #trsccp
 Fabio Carille, Alessandro e Osmar Loss


Declarações de Romero na chegada a Buenos Aires:

"Creio que ao longo do ano, no Campeonato Brasileiro e na Sul-Americana também, jogamos muito bem fora de casa. Foi assim contra Universidad de Chile, Patriotas... Temos de fazer isso também aqui, buscar um gol. Sabemos como é o Racing jogando em casa, teremos de estar concentrados e fazer uma partida perfeita para levar a classificação."




Romero conversou com o irmão sobre o Racing, pois ele defendeu o clube argentino até dez/2016. #trsccp 
Romero foi o único a atender à imprensa. Falou com veículos argentinos no aeroporto. #trsccp

13h
Elenco desembarcou rapidamente no Aeroparque Jorge Newberry e vai para o hotel. #trsccp 
Corinthians chegou a Buenos Aires há pouco! Joga contra o Racing nesta quarta, às 21h45. #trsccp 

Delegação alvinegra já está em solo argentino!

Vamos acompanhar o desembarque alvinegro e o pronunciamento de Jô. Fique ligado!

Expectativa para o pronunciamento do atacante Jô. Atacante voltará a falar sobre o gol no último domingo na chegada ao hotel em Buenos Aires, capital da Argentina, onde o Timão enfrenta o Racing amanhã.


Boa dia, galera! Manhã agitada no Corinthians. A partir de agora, vamos acompanhar tudo o que rola no clube em tempo real.


Corinthiano atacante Romero confia em retrospecto fora de casa na Sul Americana para Timão se classificar
O atacante corinthiano Romero que acertadamente vem dando um gelo nos jornaleiros brasileiros, conversou com jornalistas da Argentina nesta terça-feira, quando a delegação do Corinthians desembarcou em Buenos Aires para o jogo de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Aos locais, o jogador paraguaio falou especialmente sobre o modo como o Timão encara o duelo. 

- Eu creio que o Corinthians, tanto no Brasileiro quando na Sul-Americana, tem ido bem jogando fora de casa. Fizemos isso contra a Universidad no Chile e o Patriotas na Colômbia. Está sendo assim também no Brasileirão. Temos de fazer isso aqui também, mas sabemos que o Racing é muito forte jogando em casa, em El Cilindro, diante de sua torcida - afirmou Romero, que ainda revelou uma das estratégias corinthianas para a partida fora de casa.

- Nós precisamos marcar e temos capacidade de fazer isso: buscar um gol o mais rápido possível.

Romero foi um dos jogadores mais assediados por torcedores durante o desembarque da delegação do Corinthians em Buenos Aires, pouco após as 11h. O goleiro Cássio também foi bastante reconhecido pelos argentinos e por torcedores do Corinthians que desembarcavam para a partida de quarta-feira, às 21h45. Os dois serão titulares, mas a escalação será confirmada apenas no treino desta terça, às 19h, no estádio Presidente Perón.






Corinthians chega à Argentina



Elenco chegou ao hotel aproximadamente 12h
Foto: Gabriel Carneiro / LANCE!


Vitória sobre La U vira exemplo no Corinthians contra o Racing
Golaço de Rodriguinho em Santiago ajudou o Corinthians a passar pela Univ Chile(foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

O Corinthians busca inspiração no seu segundo jogo realizado na atual edição da Copa Sul-Americana para se classificar. Na quarta-feira, na tentativa de avançar às quartas de final, o time dirigido por Fábio Carille precisará de uma vitória simples ou empate por 2 ou mais gols como visitante contra o Racing, da Argentina, o que já conseguiu alcançar quando enfrentou a Universidad de Chile em Santiago. Se empatar 1x1 decide nos penaltis

“Temos uma chance boa. A nossa equipe tem muita qualidade e pode fazer o resultado. Sabemos que será difícil, mas já demonstramos que somos capazes disso na própria Sul-Americana. Temos totais condições de repetir”, comentou o meia Rodriguinho, que admitiu a possibilidade de ser preservado da partida, mas está relacionado. Mais preocupado com o Campeonato Brasileiro, que o Corinthians lidera com folga, Carille resolveu conceder descanso ao lateral esquerdo Guilherme Arana

“Colocaremos quem está em melhores condições para fazer o melhor jogo possível”, disse Rodriguinho, minimizando o desfalque. “A equipe vai fazer o reconhecimento de campo para se adaptar rapidamente e entrar ligada desde o começo do jogo. Para um time grande, é normal jogar fora de casa, contra a torcida. Temos que superar tudo para trazer a classificação”, pregou.

Autor do primeiro gol corinthiano na vitória por 2 a 1 sobre Univ, no Chile, Rodriguinho tem consciência de que não havia tanta necessidade de superação àquela época. Afinal, o Corinthians já tinha vencido o jogo de ida por 2 a 0, e não empatado por 1 a 1, como ocorreu diante do Racing.

De qualquer maneira, a prioridade do clube é o Brasileiro. O Corinthians venceu o Vasco por 1 a 0 no domingo, na Arena Corinthians, o líder isoladíssimo voltou a abrir uma vantagem de 10 pontos em relação ao segundo colocado. Na manhã de domingo, 11h, o Timão visita o rival para jogar p majestoso, sem poupar ninguém.
  “A nossa equipe estava se cobrando porque tinha deixado de fazer algumas coisas. Agora, retomou o espírito de antes. A gente espera consolidar isso nas próximas rodadas. Aprendemos mesmo nas dificuldades para poder fazer um segundo turno de razoável para bom e atingir o que tanto desejamos”, concluiu Rodriguinho.










19/09 | Terça-feira
8h10 - Embarque para Argentina - GOL7680*
*Chegada prevista ao Aeroparque às 10h50. Atendimento no aeroporto apenas para veículos argentinos



19h - Treino no estádio Presidente Peron*
*Coletiva após o treino na saída do campo com o treinador Fábio Carille