28 de mai de 2015

CORINTHIANS 28/05/2015





16:53 Com a venda encaminhada para o Palmermo (ITA), o meia Matheus Cassini treinou com outros jogadores em um campo do lado. Sua saída deve ocorrer na próxima semana.
Twittar
16:52 Após a atividade, o técnico Tite conversa com o preparador físico, Fábio Mahseredjian.
Twittar
16:48 Neste momento, Tite encerra o coletivo no CT Joaquim Grava. Titulares venceram por 1 a 0, com gol de Romero.
Twittar
16:44 Em uma boa disputa de bola, Romero consegue servir Jadson como pivô. O camisa 10 tentou bater colocado, mas chutou por cima.
Twittar
16:43 Em outra jogada, Romero é lançado, fica na cara de Cássio, finta o goleiro, mas acaba chutando para fora. A "Arbitragem" já havia parado o lance por impedimento.
Twittar
16:41 Curiosa a comparação entre os ataques. Nos titulares: Petros, Jadson, Mendoza e Romero. Já os reserva têm Danilo, Renato Augusto, Emerson Sheik e Love.
Twittar
16:39 Jadson abre para Mendoza, que cruza para Romero. O paraguaio se atrapalha com a bola e Yago e Felipe afastam o perigo.
Twittar
16:38 Troca de passes entre Danilo, Cristian e Love termina com chute perigoso de Emerson Sheik, para fora.
Twittar
16:34 As duas equipes trocam muitos passes, mas não ameaçam os goleiros.
Twittar
16:31 Neste momento, Tite troca Renato Augusto por Mendoza. Colombiano foi titular dos últimos dois jogos do Timão.
Twittar
16:26 Em boa jogada dos titulares, o meia Jadson cruzou da direita e o paraguaio Romero pegou de sem pulo, fazendo um belo gol!
Twittar
16:24 Emerson Sheik, que também treina, teve sua participação vetada pela diretoria no Dérbi deste domingo. Ele tem contrato até 31 de julho e não vai continuar no clube.
Twittar
16:23 Vagner Love, que faz trabalhos especiais, é dúvida para o duelo contra o Palmeiras. Programação inicial era que ele só retornasse na próxima quarta-feira, diante do Grêmio, na Arena do Grêmio.
Twittar
16:22 Elias segue como reserva do Corinthians, assim como no duelo diante do Fluminense. Após o Dérbi, ele se apresentará à Seleção Brasileira para a disputa da Copa América.
Twittar
16:20 Os reservas atuam com: Walter, Edilson, Felipe, Yago e Uendel; Cristian, Elias e Danilo; Mendoza, Emerson Sheik e Vagner Love.
Twittar
16:18 Os titulares treinam com: Cássio, Fagner, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf e Bruno Henrique; Petros, Jadson e Renato Augusto; Ángel Romero.
Twittar
16:17 A novidade da equipe titular é o atacante paraguaio Ángel Romero. Mendoza perdeu a posição para o meia Renato Augusto.
Twittar
16:16 Tite faz um mini-coletivo para preparar a equipe para o clássico contra o rival Palmeiras, neste domingo, na Arena Corinthians, pelo Brasileirão.
Twittar
16:15 Boa tarde, internauta! Nesta quinta-feira, vamos acompanhar o treino do Corinthians no CT Joaquim Grava!








Corinthians faz treino fechado no CT Joaquim Grava
Romero é testado no ataque e Petros mantido
Paraguaio é colocado como homem de referência no ataque, com Renato Augusto e Mendoza sendo revezados ao seu lado. Nas outras opções, a mesma equipe do Rio


Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 28/05/2015 - 14:47 

Romero pode ser titular do Corinthians no Dérbi (Foto: Edson Rodrigues/LANCE!Press)

O atacante Romero deve entrar como referência do ataque do Corinthians na partida contra o Palmeirsas, neste domingo, às 16h, na Arena Corinthians. Em treinamento realizado na tarde de quinta-feira, que não contou com a presença dos jornalistas, o paraguaio foi escolhido para ocupar o lugar do ex-titular, que rescindiu contrato após seus empresários não chegarem a um acerto financeiro com a diretoria.

Dois foram testados como companheiro de ataque de Romero durante a atividade tática no CT, de acordo com a apuração da reportagem do LANCE!: Mendoza e Renato Augusto. O primeiro, numa função que está acostumado, o segundo numa função exercida com o próprio técnico Tite no fim da temporada de 2013

Vale lembrar que Vagner Love, que faz um trabalho físico específico, tem volta programada para a próxima quarta-feira.

O volante Petros foi mantido na equipe titular, na função de terceiro homem de meio de campo, ao lado de Jadson, Ralf e Elias. Por falar no camisa 7, que se apresentará à Seleção Brasileira horas depois do Dérbi, ainda é possível que dê lugar a Bruno Henrique - volante já foi titular contra o Fluminense, no Rio de Janeiro, após o imbróglio que quase levou Elias para a Gávea.

A definição dos 11 titulares deve acontecer no trabalho que será realizado na tarde desta quinta-feira no CT Joaquim Grava. O provável Corinthians que iniciará o Dérbi deste domingo tem a seguinte formação: Cássio; Fagner, Edu Dracena, Gil e Fábio Santos; Ralf, Elias (Bruno Henrique), Petros e Jadson; Mendoza (Renato Augusto); Romero.










Arbitragem definida para jogo do Corinthians domingo pelo Brasileirão
Clássico está marcado para este domingo (31), às 16h, na Arena Corinthians15h 28/05/2015 - FutebolAgência Corinthians





Neste domingo (31), o Corinthians recebe o Palmeir2as na Arena Corinthians, às 16h, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O árbitro da partida será Vinicius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Rogério Pablos Zanardo e Daniel Paulo Ziolli. Antônio Rogério Batista do Prado será o quarto árbitro no Derby.

Confira a equipe de arbitragem completa:

Árbitro: Vinícius Gonçalves Dias Araújo – SP (CBF-3)

Árbitro Assistente 1: Rogério Pablos Zanardo – SP (ASP-FIFA)

Árbitro Assistente 2: Daniel Paulo Ziolli – SP (ASP-FIFA)

Quarto Árbitro: Antônio Rogério Batista do Prado










 
Corinthiano desafia problemas para acompanhar o Timão nos EUA
Thiago Miranda passou por tudo: perdeu carona, ônibus, ficou sem dinheiro longe de casa. Mas conseguiu ver o Corinthians na Florida Cup
12h15 28/05/2015 - EspeciaisAgência Corinthians



© Divulgação/Arquivo Pessoal
Thiago Miranda acompanhou os dois jogos do Timão na Florida Cup


Muitas histórias provam que o corinthianismo não tem limites. O torcedor alvinegro Thiago Miranda, de 21 anos, viveu na pele o que este sentimento é capaz de produzir. Em janeiro deste ano, o Corinthians viajou aos Estados Unidos, mais precisamente para o estado da Flórida, onde participou do torneio Florida Cup. Lá, o corinthiano pôde viver uma experiência inesquecível, por acompanhar o time do coração e por passar por tantas situações desfavoráveis, que em nenhum momento foram capazes de impedir esse sonho.

Tudo começou em outubro de 2014, quando Thiago resolveu ir aos Estados Unidos para fazer intercâmbio na cidade de Fort Myers, na Flórida. Um mês depois de o corinthiano desembarcar em terras americanas, o Corinthians anunciou a participação na Florida Cup e a venda dos ingressos para o torneio. Fanático pelo Timão, o torcedor não pensou duas vezes em comprar as entradas para os dois jogos alvinegros. A partir daí, começava uma saga.

Com os ingressos comprados, estava tudo certo para que Thiago fizesse uma viagem de aproximadamente 200 km de carro de Fort Myers a Kissimmee, local próximo ao palco do primeiro duelo do Corinthians na Florida Cup, em Orlando, contra o Colônia (ALE). Porém, a carona de Thiago acabou desistindo de última hora. Com isso, o corinthiano precisou correr atrás de uma passagem de ônibus.

Thiago viajou um dia antes do jogo. Sem lugar para ficar em Orlando por conta do pouco dinheiro que tinha, fez contato com amigos alvinegros, que havia conhecido poucos dias antes por meio de redes sociais, para ver a possibilidade de dormir no hotel em que os torcedores estavam hospedados. Sem resposta, acabou dormindo na estação rodoviária.

“Cheguei à estação perto das 22h e mantive contato com os meus amigos que estavam hospedados ali perto. Queria ver a possibilidade de ficar junto com eles, já que eu não tinha dinheiro para me hospedar em Orlando. Só havia comprado uma hospedagem em Kissimmee. Como eles não me confirmaram se eu poderia ir para lá, acabei desistindo e dei uma cochilada. Quando acordei, por volta da 1h30, tinham várias mensagens. Eles vieram me buscar, já que poderiam me abrigar lá, mas não me acharam na estação. Falei com um deles, peguei o endereço e de táxi fui para o hotel”, contou.

No hotel, Thiago percebeu o que o Timão é capaz de fazer com as pessoas. Mesmo sem conhecê-lo, os torcedores o acolheram como se fosse um familiar. “O Corinthians une famílias, une amigos, une pessoas que jamais se viram ou que jamais se conheceram. O torcedor do Timão depois de um gol te faz abraçar alguém em uma sintonia jamais vista”, explicou Thiago.

Passados os primeiros problemas durante a viagem, Thiago, enfim, pôde assistir tranquilo ao jogo de estreia do Corinthians na Florida Cup. Após o término da partida, o torcedor conseguiu, com a ajuda dos torcedores que conheceu nos Estados Unidos, chegar ao hotel em que havia comprado a hospedagem, em Kissimmee. Era a hora de descansar e se preparar para o próximo jogo do Timão, contra o Bayer Leverkusen, em Jacksonville, dois dias depois.

No dia seguinte, Thiago acordou cedo e foi até à rodoviária em que pegaria o ônibus que o levaria ao destino do próximo jogo. Previsto para partir às 9h, o veículo chegou apenas às 11h, atrasando a viagem do corinthiano.

Pronto para ir ao próximo destino, Thiago se deparou com uma nova infelicidade. Ao comprar a passagem pela internet de Kissimmee a Jacksonville, o torcedor não notou um detalhe que mudou o rumo da viagem. O trajeto teria uma escala em Orlando. De lá, ele precisaria pegar outro veículo que iria para a cidade em que o Timão jogaria. Sem entender isso, acabou ficando na estação por um tempo e acabou perdendo o ônibus.

“Precisei buscar alguém para entender a situação. Tentei falar com um cara que estava por lá, mas ele, de forma grosseira, disse que o ônibus que eu iria já havia partido. Como não sou muito bom com o inglês, tentei achar alguém que falasse espanhol. E uma policial que estava por lá falava e me ajudou. Fui ao guichê da empresa para falar com a vendedora. Expliquei minha situação, e ela conseguiu uma passagem para mim no ônibus das 19h. Como eu estava sem dinheiro, ela considerou a primeira passagem e apenas alterou o horário. Assim embarquei para Jacksonville”, disse.

Assim que chegou ao hotel, mais um problema apareceu. Com a reserva já feita pela internet, o recepcionista alegou que aquele lugar não permitia a entrada de menores de 21 anos sem responsáveis. À época, Thiago estava com 20. Após muita insistência, o torcedor conseguiu dormir no local.

Após tantos contratempos, Thiago passou a ter algumas alegrias. No dia seguinte, foi ao hotel em que o Corinthians estava hospedado, já que alguns amigos que havia conhecido tinham o direito de estar no mesmo local em que o Timão ficou. Lá, o torcedor teve a oportunidade de conhecer alguns jogadores alvinegros, um dos momentos marcantes da viagem do jovem corinthiano.

Sem nenhum empecilho dessa vez, Thiago pôde assistir a vitória do Corinthians contra o Bayer Leverkusen, por 2 a 1. Feliz por tudo que presenciou, havia chegado a hora de voltar à Fort Myers, onde morava no intercâmbio nos Estados Unidos. Para o retorno, o torcedor voltou a Orlando, onde pegaria o ônibus para casa. Mas ele só tinha 27 dólares no bolso, sem carona para chegar à estação. Começava mais uma saga, a última de tantas em tão pouco tempo.

Thiago tentou pegar um táxi com destino à rodoviária. Os taxistas não aceitavam por menos do que 38 dólares a corrida, e o jovem não tinha como pagar. Sem perspectiva de transporte às 4h30, o torcedor começou a caminhar pela rua, torcendo por ajuda.

“Fui andando pela rua na esperança de achar alguma alma viva para me ajudar. Até que uma luz apareceu. Não pensei duas vezes em parar o carro que vinha. Para minha sorte, era um táxi. O cara ficou nervoso com minha atitude, mas mesmo assim consegui ir de táxi. Eu só ficava de olho no taxímetro enquanto conversava com o cara. Quanto mais aumentava o valor, mais apreensivo eu ficava. Porém, quando deu 26 dólares no taxímetro, chegamos na estação. Quase chorei, mas no fim deu tudo certo”, resumiu. Foi na raça e na garra. Foi Corinthians.












CORINTHIANS AINDA PODE RECORRER DE DECISÃO SOBRE COBRANÇA DE STAFF DO VOLANTE RALF POR 2,8 MILHÕES NA JUSTIÇA










8/5/2015 10h59
Corinthians prioriza Vagner Love
Edu Gaspar admite carências

Vagner Love ganhou a confiança da diretoria corinthiana (Daniel Augusto Jr/ Ag Corinthians)

O Corinthians tem como solução mais simples para o ataque, aproveitar Vagner Love, momentaneamente afastado para aprimorar a sua forma física e o condicionamento técnico.

“ Primeiro, precisamos dar ênfase ao que temos aqui. Vamos dar respaldo a quem está no clube e seguir o trabalho se houver necessidade”, disse o gerente de futebol Edu Gaspar.

A necessidade existe. Em outro momento de seu pronunciamento, o próprio dirigente admitiu que as carências “são claras”.

Além de Vagner Love, o técnico Tite conta com o antes desprestigiado paraguaio  Romero e o veloz  Mendoza para compor o ataque do Corinthians. Malcom defende a Seleção Brasileira sub-20 no Mundial da categoria, e Luciano continua contundido.

Apesar do momento conturbado, Edu tentou negar que o elenco atravesse um momento de reformulação – os contratos do lateral esquerdo Fábio Santos, do volante Ralf e do meia Danilo também vencerão no final do ano.

“Queremos dar todo o suporte necessário Mas o Corinthians tem atletas renomadíssimos em sua história. Eles saíram, e o clube continuou forte. É a nossa intenção”, concluiu Edu.
Caso seja necessário, a diretoria deverá ficar mais preocupada em relação ao mercado de jogadores. Sem gastar muito. O colombiano Teófilo Gutiérrez, do River Plate, foi um dos oferecidos.



Memória Fiel: Em 1980, Biro-Biro garantiu triunfo do Corinthians em derbi com gol de canela
Semifinal do estadual de 1979 aconteceu somente no ano seguinte após Timão recusar rodada dupla no jd leonor
14h 28/05/2015 - EspeciaisAgência Corinthians



© Sergio Berezovsky/Placar

Biro-Biro fez de canela o gol que garantiu o Timão na final do Paulistão 1979


O ano era 1980, mas o campeonato era o de 1979. Após domínio palmeirense por boa parte do Estadual, quando o torneio se aproximava da reta final, foi marcada uma rodada dupla no jd leonor. Como a divisão de renda seria igual para os quatro times, o Timão afirmou que não entraria em campo.

Com a recusa do Alvinegro, o campeonato foi paralisado. Na volta, o Timão disputou 10 partidas e avançou para a semifinal. Já em 1980, aconteceu o confronto diante do palmeir2as. No dia 27 de janeiro, empate em 1 a 1, com gols de Jorge Mendonça e Palhinha.

Três dias depois, um novo confronto com mais de 87 mil pessoas no Morumbi.

Com a eterna raça corinthiana dentro de campo, Biro-Biro foi o herói do Timão naquela noite. Aos sete minutos do segundo tempo, Romeu bateu escanteio pela esquerda e o goleiro Gilmar espalmou, a bola sobrou para Palhinha, que deu um leve toque para trás e viu o camisa 5 empurrar, de canela, para o fundo do gol, garantindo a vaga do Timão na final.

O Corinthians terminou por se sagrar campeão estadual de 1979, passando pela Ponte Preta após três partidas na decisão.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 X 0 p
Semifinal do Campeonato Paulista de 1979
Data: 30/01/1980
Local: jd leonor
Árbitro: Roberto Nunes Morgado
Gol: Biro-Biro (COR), aos sete minutos do 2º tempo

CORINTHIANS: Jairo; Zé Maria, Mauro, Amaral e Wladimir; Caçapava, Biro-Biro Palhinha e Sócrates; Píter (Vaguinho) e Romeu (Geraldão). Técnico: Jorge Vieira
p: Gilmar; Rosemiro, Marinho Perez (Silva), Polozi e Pedrinho; Pires, Mococa, Jorge Mendonça (Carlos Alberto Seixas) e Zé Mario; César Baroninho. Técnico: Telê Santana



















Corinthians está na semifinal do Mundial de Clubes Sub-17
Timãzinho conquistou a segunda vitória no torneio internacional e agora aguarda o resultado de Barcelona (ESP) e Kashiwa Reysol (JAP)14h 28/05/2015 - Departamento de Formação de AtletasAgência Corinthians



© DivulgaçãoTimão avançou para a semifinal da competição


Na tarde desta quinta-feira (28), em Madrid (ESP), o Corinthians venceu o Santos Laguna (MEX) por 1 a 0 nas quartas de final do Mundial de Clubes Sub-17. Com a vitória, o Timão garantiu vaga na semifinal do torneio.

A equipe comandada pelo técnico Marcio Zanardi começou muito bem a partida, com domínio da posse de bola e boas triangulações envolvendo a equipe mexicana. Melhor no jogo, o Timãozinho abriu o placar aos 15 minutos com o zagueiro Léo Santos de cabeça. Na segunda etapa, o Alvinegro suportou a pressão, arriscou alguns contra-ataques sem sucesso e segurou o resultado.

O Timão agora aguarda o resultado da partida entre Barcelona (ESP) e Kashiwa Reysol (JAP), que acontece ainda nesta quinta, para saber o adversário na próxima fase da competição. A semifinal será disputada nesta sexta-feira (29), com horário ainda a ser definido.

Na primeira fase da competição, o Corinthians somou uma derrota e uma vitória. Na estreia, o Timão perdeu para o Atlético de Madrid (ESP) por 3 a 0 e se recuperou na segunda rodada, na vitória contra o Atlético Nacional (COL) por 3 a 1. O Alvinegro avançou na quinta colocação geral. As partidas da semifinal terão transmissão exclusiva do canal SporTV 2.Timão pode obter sua maior sequência invicta no Dérbi
Corinthians busca na Arena Corinthians domingo maior sequência de invencibilidade no derrbi. Em cem anos, nunca ficou 11 jogos sem perder...

Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 28/05/2015 - 09:00
O Dérbi deste domingo em confronto pela quarta rodada do Brasileirão-15 poderá ser histórico para o Corinthians que, em caso de vitória ou empate, obterá sua maior sequência de invencibilidade diante do rival: 11 jogos.
Nos últimos dez duelos – cinco vitórias e cinco empates –, o Timão poderá chegar aos 11º jogo invicto contra o maior rival, ultrapassando as sequências de dez duelos registradas três vezes na história: de 1948 a 1951 (sete vitórias e três empates), 1952 a 1954 (sete vitórias e três empates) e de 1970 a 1973 (três vitórias e sete empates).
Dentro dos dez jogos de invencibilidade do Timão, um empate que deu o quinto título brasileiro, uma vitória que ajudou o rival a cair para a Série B pela segunda vez, um empate seguido de triunfo nos pênaltis que valeu vaga na decisão de um Estadual, vitórias nos primeiros duelos da Arena Corinthians e do chiqueiro e o empate
1º SEQUÊNCIA (1948 até 1951, com sete vitórias e três empates): 

26/12/48 p 1x2 CORINTHIANS paulistão 
09/01/49 CORINTHIANS 3x2 p Torneio Nacional 
14/05/49 CORINTHIANS 4x3 p Amistoso 
14/08/49 p 0x1 CORINTHIANS paulistão 
13/11/49 CORINTHIANS 1x1 p paulistão 
14/01/50 CORINTHIANS 3x2 p Rio-5P
18/05/50 CORINTHIANS 1x1 p Torneio Nacional 
24/09/50 CORINTHIANS 2x2 p paulistão 
07/01/51 p 1x3 CORINTHIANS paulistão 
24/03/51 CORINTHIANS 3x0 p Rio-5P

  2º SEQUÊNCIA (1952 até 1954, com sete vitórias e três empates): 

06/07/52 CORINTHIANS 1x1 p Torneio Nacional
 27/08/52 CORINTHIANS 5x1 p Torneio Nacional 
02/11/52 CORINTHIANS 2x1 p paulistão 
18/01/53 p 4x6 CORINTHIANS paulistão 
08/03/53 CORINTHIANS 1x0 p Torneio Nacional 
24/05/53 CORINTHIANS 3x3 p Rio-5P
11/10/53 CORINTHIANS 2x2 p paulistão 
17/01/54 p 1x2 CORINTHIANS paulistão 
10/07/54 CORINTHIANS 1x0 p Rio-5P
21/07/54 CORINTHIANS 3x0 p Torneio Nacional  

3º SEQUÊNCIA (1970 até 1973, com três vitórias e sete empates): 2/11/70 CORINTHIANS 1x1 p Robertão 

25/04/71 CORINTHIANS 4x3 p paulistão
 13/06/71 p 0x0 CORINTHIANS paulistão 
15/08/71 CORINTHIANS 0x0 p Brasileirão 
27/01/72 p 1x1 CORINTHIANS Amistoso 
23/04/72 CORINTHIANS 1x1 p paulistão
 30/07/72 p 0x0 CORINTHIANS paulistão 
01/11/72 CORINTHIANS 1x0 p Brasileirão
 03/03/73 CORINTHIANS 2x1 p Torneio Nacional
 04/04/73 CORINTHIANS 1x1 p paulistão  




4º SEQUÊNCIA (E ATUAL) - (2011 até 2015, com cinco vitórias e cinco empates): 


CORINTHIANS 0x0 p - Brasileiro - 04/12/2011 - pacaembu 

CORINTHIANS 2x1 p - paulista - 25/03/2012 - pacaembu 
CORINTHIANS 2x1 p - Brasileiro - 24/06/2012 - pacaembu p 0x2 CORINTHIANS - Brasileiro - 16/09/2012 - pacaembu 
CORINTHIANS 2x2 p - paulista - 17/02/2013 - pacaembu 
CORINTHIANS 1x1 p - paulista - 16/02/2014 - pacaembu 
CORINTHIANS 2x0 p - Brasileiro-27/07/2014-Arena CORINTHIANS 
p 1x1 CORINTHIANS - Brasileiro - 25/10/2014 - pacaembu 
p 0x1 CORINTHIANS - paulista - 08/02/2015 -chiqueiro 
CORINTHIANS 2x2 p - paulista - 19/04/2015 - Arena CORINTHIANS