21/10/2014

CORINTHIANS 21/10/2014



21/10/2014 12h16

Corinthians sem Guerrero, Cássio e Fágner, suspensos


Guerrero desfalca o Timão contra o Vitória
(Foto: Marcos Ribolli)O Timão enfrenta o Vitória em Cuiabá e tem outras baixas: Cássio e Fagner também receberam terceiro cartão amarelo na última partida. 



21/10/2014 11h56

Arena Corinthians recebe decisão de torneio infantil em novembro
Palco da Copa do Mundo, estádio do Timão sedia campeonato para crianças de 10 a 12 anos. No mesmo dia, Corinthians joga contra o Bahia, fora de casa, pelo Brasileiro




Por GloboEsporte.com

Casa do Corinthians receberá a final do campeonato de crianças (Foto: Marcos Ribolli)

A Arena Corinthians sediará a final de um torneio mundial de crianças. Palco de seis partidas da Copa do Mundo, o estádio do Timão receberá a decisão da Danone Nations Cup, uma competição que reúne aproximadamente 400 crianças de 10 a 12 anos, de 32 nacionalidades diferentes. O evento está marcado para o dia 16 de novembro, quando a equipe profissional alvinegra joga fora de casa: pega o Bahia, na Arena Fonte Nova, pela 34ª rodada do Brasileirão.


As partidas de qualificação serão realizadas nos dias 14 e 15 de novembro, em um clube de Mogi das Cruzes, na região metropolitana. O torneio tem apoio da Federação Paulista de Futebol, que foi responsável pelo sorteio e divisão das oito chaves. O Brasil está no Grupo E, ao lado de Rússia, Turquia e Marrocos.


Diversos estádios importantes já receberam a final da competição infantil, como o Santiago Bernabeu (pertencente ao Real Madrid) e Wembley (em Londres, na Inglaterra). Também aparecem entre os palcos da decisão o Parc des Princes (Paris), Stade Gerland (Lyon), Orlando Stadium (Johanesburgo) e o Stadion Narodowy (Varsóvia).














Fã de Ronaldo, espanhol escolhe Brasil para viver e adota Timão como principal paixão
Rodrigo Pérez, torcedor do Real Madrid, se apaixonou pelo Corinthians12h40 21/10/2014 - EspeciaisAgência Corinthians




© DivulgaçãoRodrigo se identificou com o Timão por conta de Ronaldo Fenômeno


Em busca de novas experiências, Rodrigo Pérez Gutiérrez, 23, estudante de Rádio e Televisão, decidiu que deixaria a Espanha para terminar o ensino superior no exterior. Entre as opções apresentadas, o então torcedor do Real Madrid não hesitou e partiu para seu destino preferido, o Brasil. Um ano e meio depois, Rodrigo celebra sua escolha pelo "país do samba" e admite que encontrou muito mais do que a alegria do brasileiro: o Corinthians mudou sua vida.

O primeiro contato de Rodrigo com o Timão foi ainda na Espanha. À época, o clube contava com dois grandes ídolos merengues: Ronaldo e Roberto Carlos. Começou ali uma relação que seria duradoura:

"A primeira lembrança que tenho do Corinthians é o Roberto Carlos e o Ronaldo jogando aqui. E por isso também sou corinthiano. O Ronaldo é o melhor atacante da história, então se ele jogava por aqui tinha que ter alguma razão".

Logo na sua chegada, o torcedor buscou informações sobre as equipes locais. Apaixonado por futebol, queria escolher um time de coração para acompanhar e ter uma relação como tem com o Real Madrid. Após três experiências, a decisão:

"Escolhi o Corinthians pela Fiel, eles não paravam de cantar e incentivar. Isso eu não vi nem no Morumbi (em jogos do São Paulo) e no Pacaembu (em jogos do Palmeiras). Essa relação é muito autêntica".

Ainda sobre os corinthianos, o espanhol revela que sempre encontrava torcedores no metrô vestindo as cores alvinegras. A alcunha de "Time do Povo" também foi fator fundamental na "conversão" do gringo.

Agora, "maloqueiro e sofredor", Rodrigo torce pela conquista do título nacional ou pelo menos uma vaga na Libertadores da América. Elogiando a equipe, escolheu seus preferidos: Cássio, Gil, Petros e Elias. Além deles, um jogador corinthiano é o mais especial para o espanhol: Paolo Guerrero.

"O Guerrero é muito bom. E tenho mais amigos corinthianos, são todos peruanos e gostam muito dele também. Sempre vemos os jogos juntos" - revelou.

Em visita ao Parque São Jorge nesta segunda-feira (20), Rodrigo finalizou sua conversão passando pela biquinha, conheceu a Capela de São Jorge e posou para fotos ao lado de importantes troféus como o Mundial de 2000 e a Libertadores 2012. Antes de se despedir, deixou o recado que todo corinthiano conhece: ˜Vai, Corinthians! Vai, Timão!"

Confira o vídeo:







Terça-feira, 21/10/2014 às 09:01
Corinthians quer jogar mais tarde contra o Vitória em Cuiabá

 por Martín Fernandez
O Corinthians quer adiar o jogo contra o Vitória, nesta quarta-feira, em Cuiabá, em 1h30. A partida está prevista para as 18h30 locais - 19h30 de Brasília -, mas o clube quer que ela seja iniciada às 20h locais, ou 21h na parte do país em que há horário de verão. O motivo é o forte calor na capital do Mato Grosso. A CBF ainda não se manifestou, mas a tendência é que aceite o pedido do Corinthians, quinto colocado no Brasileiro, com 49 pontos









corinthians

Há 2 horas
Nesse instante, o Timão embarca para Cuiabá. Na Arena Pantanal, o Corinthians enfrenta o Vitória amanhã pelo Brasileirão. #Corinthians #Timão #Brasileirão #ArenaPantanal #Cuiabá #MatoGrosso #CorinthiansVsVitória #VaiCorinthiansSeguir





Corinthians @Corinthians · Há 2 horas
Corinthians @Corinthians · Há 2 horas
Nesse instante o Timão embarca para Cuiabá, onde enfrenta o Vitória amanhã pelo #Brasileirão. #VaiCorinthians
64 retweets184 curtiram





CORINTHIANS EMBARCOU HOJE PELA MANHÃ PARA CUIABÁ
21 DE OUTUBRO DE 2014 ÀS 11:48
A delegação do Corinthians embarcou na manhã desta terça-feira para enfrentar o Vitória, quarta em Cuiabá, mas sem dar pistas para seus torcedores. O horário do voo que saiu não foi divulgado



Em Cuiabá, o Corinthians faz seu último treinamento antes de enfrentar o Vitória, e Mano Menezes deve tirar as últimas dúvidas em relação à equipe que tem desfalques de Cássio, Fagner e Guerrero, suspensos. Bruno Henrique, com desconforto muscular, é dúvida - Ralf, que viajou ao Mato Grosso após sete partidas de fora, pode atuar em seu lugar. Na frente, o paraguaio Ángel Romero é o favorito para se juntar a Walter e Ferrugem no time titular. 







Petros mira G4 com foco máximo: “Jogar todas as partidas como decisão”

20/10/2014 - FutebolAgência Corinthians


© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansO próximo compromisso do Timão será contra o Vitória, na Arena Pantanal, em Cuiabá-MT


A vitória sobre o Internacional em pleno Beira-Rio deu outro ânimo e devolveu confiança ao elenco do Corinthians. Depois do treino realizado na tarde desta segunda-feira (20) no CT Dr. Joaquim Grava, o meia Petros deu uma amostra do foco e das ambições dos jogadores alvinegros para a reta final do Campeonato Brasileiro. “Temos de jogar todas as partidas como decisão”, afirmou em entrevista coletiva.

O Timão está com 49 pontos, em quinto lugar na classificação geral da competição. Apenas um ponto separa o Alvinegro do G4, a zona de classificação para a Libertadores da América de 2015, e três da segunda posição, que dá vaga direta para o torneio continental. Por conta dessa proximidade, faltando nove rodadas, cada partida se torna muito importante.

O próximo compromisso será contra o Vitória, na Arena Pantanal, em Cuiabá-MT, nesta quarta-feira (22), às 19h30. “Já estivemos muito mais longe. Com uma vitória, podemos entrar [no G4], esse é o primeiro passo. É obrigação, temos de dar a resposta. Para sorrir, só quando conseguir a vaga na Libertadores”, acrescentou Petros.

A cobrança para conseguir um resultado positivo não significa soberba, já que o camisa 40 conhece bem o adversário que terá pela frente. Petros é formado nas categorias de base do Vitória e prega respeito ao time baiano e a todos os rivais que o Corinthians terá pela frente até o fim do Brasileirão.

“Essa é a diferença do time vencedor: respeitar todos os adversários da mesma maneira. É isso que a gente procura fazer, mesmo que o resultado não venha. Acho que a motivação tem de ser ainda maior, porque, com uma sequência maior de vitórias, ficaria bom para a gente, para o treinador e para a torcida”, finalizou o meia.​







CORINTHIANS FICARÁ DESFALCADO DO ATACANTE MALCOM ENTRE DIAS 8 E 18, CONVOCADO PARA SELEÇÃO BRASILEIRA SUB20 E TORNEIO DE TOULOSE





21/10/2014 10h15

Petros entende protestos, mas avisa: "Não ganhamos por pressão"
Volante do Corinthians considera normal a revolta dos torcedores  e vê time fechado na luta por vaga na Libertadores da America


Por Fabricio Crepaldi


Petros aceita protestos da torcida, mas sem violência (Foto: Daniel Augusto Jr./Agência Corinthians)



Segundo o volante Petros,  a pressão exercida pelos corintianos não teve influência no resultado positivo do Corinthians, domingo, embora ele diga entender a revolta.

- Sabemos que não vencemos por isso. Temos nossas qualidades, trabalhamos e isso é fruto do dia a dia. Mas o torcedor, se quer manifestar e expor a opinião, não vejo problema nenhum - disse.

O camisa 40 considera normais as reclamações da torcida. Só não tolera violência.

- Torcedor tem o direito de cobrar, se manifestar e colocar a opinião. Eles não aceitam algumas derrotas, como a de quarta, temos de respeitar. É o ponto de vista de cada um. Mas precisamos ter cuidado. Ninguém tem direito de ameaçar ou bater em ninguém - falou.

Petros falou sobre a cobrança interna após a queda na Copa do Brasil e vê o elenco unido para conquistar uma vaga na Libertadores.

- Quem tem a experiência lida melhor com essa adversidade, mas a decepção é a mesma. Não tinha outra maneira a não ser vencer o Inter para nos dar tranquilidade. Nos reunimos e falamos sobre a importância de vencer. Estamos fechados e vamos em busca dessa vaga (à Taça Libertadores - completou.







Corinthians disse não a primeira pedida salarial de Guerrero para renovar

Guerrero pediu R$ 700 mil de salário para renovar com Corinthians
Por Jorge Nicola | Blog do Jorge Nicola – 2 horas 20 minutos atrás


A primeira pedida de Guerrero para renovar contrato com o Corinthians quase derrubou o presidente Mario Gobbi da cadeira. O empresário do peruano exigiu R$ 700 mil por mês de salário, além de um vínculo com duração de três anos.

A resposta do Timão foi imediata: sem qualquer chance. Guerrero, então, baixou a pretensão salarial para R$ 600 mil. Depois de dias de negociação, a prorrogação do contrato está bem próxima de ser assinada por R$ 500 mil, por um ano e meio. Guerrero ainda terá direito a mais um salário anual, que será pago como prêmio pela assinatura.

Hoje, o camisa 9 embolsa R$ 350 mil por mês

Guerrero está tão convencido de que vai continuar no Brasil que passou os últimos dias em busca de casa para comprar
A leitura da diretoria corinthiana é de que ele não pensaria em gastar mais de R$ 6 milhões no imóvel para ir embora do Brasil em julho,








Corinthianos Dida, Vampeta, Anderson Martins, Petros... Crias do Vitória fazem sucesso no Timão
Ídolos eternos, campeões, atuais titulares. A história mostra que Corinthians e Vitória, adversários nesta quarta (22), estão bastante ligados
10h 21/10/2014 - EspeciaisAgência Corinthians




© Renato Pizzutto/PlacarDida foi o goleiro titular do Mundial de 2000 do Timão
Corinthians e Vitória têm muito mais vínculos do que apenas o fato de que serão rivais nesta quarta-feira (22), em partida que será realizada na Arena Pantanal, em Cuiabá-MT, às 19h30, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Alguns ídolos e jogadores campeões pelo Timão começaram a carreira pelo time baiano. Inclusive, dois titulares do atual elenco.

Na lista desses jogadores que começaram pelo Vitória e fizeram história pelo Corinthians, dois nomes vêm automaticamente nas mentes da Fiel: Dida e Vampeta. O goleiro não foi formado pela equipe baiana, mas se profissionalizou lá em 1992. Já o volante iniciou a trajetória na base, em 1990.

Antes de serem companheiros em times alvinegros que ficaram marcados na história do futebol brasileiro, Dida e Vampeta integraram uma equipe que também fez sucesso: o Vitória vice-campeão brasileiro de 1993.

Mas os dois não foram os únicos a surgirem no Vitória para serem campeões no Corinthians. A lista é recheada. Começando pelo lateral direito Rodrigo. Depois de jogar entre 1992 e 1995 na equipe baiana, o jogador chegou ao Timão em 1996, onde ficou até 1999, conquistando os títulos paulista (1997) e brasileiro (1998).

Já o goleiro Felipe jogou no Vitória entre 2003 e 2006. Foi contratado pelo Corinthians em 2007, permanecendo até 2010. Nesse tempo, foi campeão paulista (2009), da Copa do Brasil (2009) e da Série B do Brasileiro (2008).

Outro campeão pelo Corinthians que iniciou a carreira pelo Vitória foi o zagueiro Wallace. Depois de surgir no cenário nacional atuando pelo time baiano, chegou ao Parque São Jorge em 2011, onde participou de uma sequência histórica de títulos: o penta brasileiro (2011), a inédita Libertadores (2012) e o bi do Mundial de Clubes da FIFA (2012).

Um parceiro de Wallace nos tempos de Vitória agora é titular da zaga do Corinthians: Anderson Martins, que foi revelado no time baiano, assim como Petros, um dos jogadores do atual meio de campo do Timão.

Como se vê, crias do rubro-negro baiano têm se aconchegado muito bem em território alvinegro.



















Corinthiano Bruno Henrique completa 25 anos de idade
Timão trouxe volante no início da temporada
10h 21/10/2014 - FutebolAgência Corinthians

© Daniel Augusto Jr/Ag. CorinthiansBruno Henrique tem 34 jogos pelo Timão


Nesta terça-feira (21), o volante Bruno Henrique comemora o seu 25º aniversário. Jogador do Corinthians desde o início da temporada de 2014, o camisa 25 já atuou 34 vezes com o manto alvinegro.

Natural de Apucarana-PR, Bruno Henrique passou por Iraty-PR, Atlético-MG, Londrina-PR e Portuguesa antes de chegar ao Timão.

O Sport Club Corinthians Paulista parabeniza o volante pelo seu aniversário. Clique aqui e deixe seu recado para Bruno Henrique.

















ARENA CORINTHIANS
Arena Corinthians recebe final mundial da Danone Nations Cup
O palco da abertura da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 também será a sede de um dos principais torneios infantis do planeta, em novembro
10h 21/10/2014 - Arena CorinthiansAgência Corinthians



© Rodrigo Coca/Agência CorinthiansDecisão será realizada pela primeira vez no Brasil


Após sediar a abertura da Copa do Mundo FIFA Brasil 2014, a Arena Corinthians receberá a final mundial da 15ª edição da Danone Nations Cup (Danone Copa das Nações). Com a presença de cerca de 400 crianças de 10 a 12 anos, de 32 nações, a decisão será realizada pela primeira vez no Brasil, no próximo dia 16 de novembro (domingo). A competição tem o apoio oficial da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Tradicionalmente, a final mundial da Danone Nations Cup (Danone Copa das Nações) acontece em estádios importantes, palcos de grandes eventos mundiais. O evento já foi realizado no Parc des Princes (Paris, França), no Stade Gerland (Lyon, França), no Orlando Stadium (Johanesburgo, África do Sul), no Santiago Bernabéu (Madri, Espanha), no Stadion Narodowy (Varsóvia, Polônia) e no estádio de Wembley (Londres, Inglaterra).

Antes dos jogos da fase final, as 32 seleções participarão das partidas de qualificação, que vão determinar as posições dos times e, consequentemente, os adversários no domingo. Esses jogos serão disputados entre os dias 14 e 15 de novembro (sexta-feira e sábado), nos campos de futebol do Paradise Golf & Lake Resort, em Mogi das Cruzes (SP). O sorteio que definiu as chaves para os jogos classificatórios aconteceu no último dia 14 de outubro na sede da FPF.

Confira os grupos da Danone Nations Cup (Danone Copa das Nações)

GRUPO A

Irlanda, Alemanha, Romênia e Tunísia

GRUPO B

Espanha, Itália, Coreia do Sul e Paraguai

GRUPO C

Estados Unidos, França, Ucrânia e Canadá

GRUPO D

México, Bélgica, Indonésia e África do Sul

GRUPO E

Brasil, Rússia, Turquia e Marrocos

GRUPO F

Chile, Portugal, China e Austrália

GRUPO G

Argentina, Inglaterra, Bulgária e Uruguai

GRUPO H

Japão, Holanda, Arábia Saudita e Argélia










Mano Menezes acredita que jogadores experientes podem ajudar Corinthians

Terça-Feira, 21 de Outubro de 2014, às 09:49 | FutNet - Por Fernando Caliman









Após a sequência de resultados ruins no Campeonato Brasileiro, o técnico Mano Menezes decidiu realizar mudanças na equipe titular do Corinthians, o treinador vinha escalando jovens jogadores entre os 11 que iniciam a partida, porém diante do Internacional esse dilema foi diferente. Mano tirou Malcom e Luciano da equipe titular, e escalou Jadson, além de ter colocado Danilo perto do apito final.

"Apesar de ter ficado um tempo fora, continuei trabalhando com o mesmo empenho porque eu sabia que a oportunidade iria aparecer. Agora é seguir com a mesma dedicação e me manter preparado para ajudar o Corinthians nessa reta final. Estamos na briga pelo título e não iremos desistir", declarou o meia Jadson, o camisa 10 não vinha sendo escalado por Mano Menezes.

Petros comentou sobre a importância dos jogadores experientes na equipe titular. "Quem tem mais experiência e é mais rodado, consegue lidar com a adversidade de uma forma melhor. Mas a chateação é a mesma, o sentimento de tristeza e decepção são os mesmos."

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, quando encara o Vitória na Arena Pantanal, o confronto é válido pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. A bola rola às 19h30 (de Brasília).




Mano volta a apostar em jogadores experientes no Corinthians
técnico do Corinthians vai dar mais chances a atletas rodados para buscar vaga a Libertadores da America 15 pelo Brasileirão

Felipe Bolguese e Rodrigo Vessoni - 21/10/2014 - 07:15

Mano Menezes (Foto: Ari Ferreira/LANCE!Press)

Jadson voltou a ser titular diante do Internacional no domingo depois de oito jogos na reserva. Lodeiro recebeu chance depois de seis jogos sem vestir a camisa do Corinthians. Danilo entrou nos minutos finais, enquanto garotos como Malcom e Luciano, figuras presentes nos últimos jogos, nem sequer saíram do banco.

A escalação do Corinthians, em vitõria por 2x1 sobre o inter, no Beira-Rio representa com exatidão a ideia de Mano Menezes em apostar, neste momento, nos jogadores mais experientes do seu elenco. O treinador recebeu críticas por ter “esquecido” de seus medalhões – principalmente Jadson e Lodeiro, contratados após grande insistência do próprio comandante.
A ideia da comissão técnica é, além de dividir a responsabilidade com os líderes, evitar o descontentamento dos principais jogadores no momento de pressão externa, a maior desde o início do ano. Internamente, algumas escolhas de escalação vinham desagradando.

– Apesar de ter ficado um tempo fora, continuei trabalhando com o mesmo empenho porque eu sabia que a oportunidade iria aparecer. Agora é seguir com a mesma dedicação e me manter preparado para ajudar o Corinthians nessa reta final. Estamos na briga pelo título e não iremos desistir – afirmou o meia Jadson.

– Quem tem mais experiência e é mais rodado, consegue lidar com a adversidade de uma forma melhor. Mas a chateação é a mesma, o sentimento de tristeza e decepção são os mesmos – afirmou Petros, que chegou há poucos meses

– Não teria outra forma de reagir a não ser vencer o Inter. A gente se reuniu, dissemos que precisávamos vencer e conquistar o maior número de pontos – completou o camisa 40 que, antes de vir para o Timão, estava na Penapolense.

AGORA É COM ELES!

Gil
Atuou algum tempo na Europa e, neste momento, faz parte das listas de convocados da Seleção Brasileira.

Fábio Santos
Titular da equipe desde fevereiro/2011, lateral ganhou cinco títulos no Alvinegro.

Elias
Segunda passagem no clube. Ganhou títulos, atuou na Europa e faz parte do elenco da Seleção.

Jadson
Passagem de quase dez anos na Ucrânia, com trajetória de sucesso pela europa.

Renato Augusto
Atuou por um longo período na Alemanha e já atuou em clubes de massa antes de vir.

Guerrero
Atuou por muitos anos na Alemanha e é um dos principais jogadores da seleção do Peru.

Lodeiro
Não é apenas titular da seleção uruguaia, como participou de duas Copas do Mundo.

Danilo
Inúmeros títulos e gols importantes por onde passou. Frio e calculista em campo.